Design de Moda

Titulação: Tecnólogo

Duração: 2 anos

Lançamento: 2010

Período: Noturno

Reconhecimento: Renovado Reconhecimento - Portaria MEC - Nº 272 de 03/04/2017 Avaliação do MEC: Nota 4

Sobre o Curso

A área de moda se caracteriza pela pluralidade de segmentos que norteiam a profissão: feminino jovem, feminino contemporâneo, masculino, casual, infantil, calçados e acessórios, streetwear, entre outros. Na área da confecção, Bauru possui mais de 530 fábricas e os dados classificam o alto índice de especialização que impacta no PIB local e regional, promovendo a profissionalização, a capacitação e a geração de novas tecnologias para esse mercado. A cidade também se destaca por sua localização estratégica dentro do estado de São Paulo, fato que atrai pessoas desse e de outros estados para a realização de negócios, feiras, eventos, desfiles e instalação de empresas. O varejo local possui representatividade regional, atraindo consumidores de diversas partes para compras por meio dos sistemas de varejo e atacado.

Na USC, o curso tem como bases a compreensão, a investigação, a criação e o desenvolvimento de produtos de moda (foco no vestuário) e análise da imagem de moda para concepção, confecção e comercialização de produtos. Assim, o tecnólogo em Design de Moda elabora e gerencia projetos para a indústria de confecção do vestuário, considerando fatores estéticos, simbólicos, ergonômicos e produtivos.

Grade Curricular

Disciplina Carga Horária
Comunicação e Expressão 40 Horas
Desenho de Moda 80 Horas
História da Moda 80 Horas
Laboratório Criativo 40 Horas
Laboratório de Costura 80 Horas
Metodologia em Design 80 Horas
Disciplina Carga Horária
Aspectos de Modelagem 80 Horas
Desenho Planificado 40 Horas
Design Ergonômico 80 Horas
Ética e Cultura Religiosa 40 Horas
Fotografia 40 Horas
Moda e Sociedade 40 Horas
Tecnologia Têxtil 80 Horas
Disciplina Carga Horária
Comunicação Digital e as Novas Mídias 40 Horas
Empreendedorismo 80 Horas
Pesquisa em Moda 80 Horas
Planejamento em Produtos 80 Horas
Processos Produtivos 80 Horas
Sociologia da Responsabilidade Social 40 Horas
Disciplina Carga Horária
Imagem e Estilo 80 Horas
Informática Aplicada à Moda 80 Horas
Princípios de Marketing 80 Horas
Produção de Moda e Visual Merchandising 80 Horas
Projeto de Moda 80 Horas

Recursos Disponíveis

  • Laboratório Criação em Vestuário e Acessórios
  • Laboratório Tecidoteca de Pesquisa para Vitrinismo
  • Laboratório Modelagem e Confecção
  • Anfiteatros
  • Auditórios
  • Biblioteca
  • Estacionamento
  • Laboratórios Móveis de Informática
  • Laboratórios de Informática
  • Lanchonetes
  • Núcleo de Pesquisa e História da Universidade do Sagrado Coração – NUPHIS
  • Quadra poliesportiva
  • Rede Wireless
  • Restaurante
  • Salas de aula climatizadas e equipadas com multimídia e computador
  • SIAGE
  • Teatro Veritas


Atividades do Curso

  • Projetos de Extensão
  • Aulas teóricas e práticas
  • Visitas Técnicas
  • Produção de produto final


Você Sabia?

O curso de Design de Moda é um dos mais polivalentes do mercado de trabalho, pois tem muitas vertentes comerciais e industriais.

A moda e o design em toda sua amplitude estuda a criatividade como núcleo para várias formas de manifestação de caráter estético. A profissão põe como possíveis frentes de atuação todo o processo de desenvolvimento da moda, desde estudo da matéria prima ao fim do produto no mercado.

Assim, o Design de Moda tem como bases a compreensão, a investigação, a criação e o desenvolvimento de produtos e serviços de moda, por meio da análise da imagem para concepção, confecção e comercialização de forma regional e global.

O setor de confecções no Brasil é formado por um numeroso grupo de pequenas e médias indústrias, dedicadas à produção de artigos do vestuário, artigos decorativos e produtos técnicos. As confecções de grande porte, que representam pouco mais de 2,5% do total das indústrias, dominam 40% do mercado. A maior parcela da produção provém das médias empresas, que respondem por 50% dos volumes produzidos.

Logo a profissão de tecnólogo de Design de Moda vai da interpretação e adaptação das macrotendências mundiais para o perfil de consumo, compra e uso do brasileiro. Seja na área da criação, na distribuição, comunicação e vendas de produtos, pois todas essas frentes estão encadeadas pelo desafio de vencer a efemeridade da moda.

O egresso do curso de tecnologia em Design de Moda da USC deve caracterizar-se pela busca do conhecimento das tecnologias focadas em Design de Moda. Tem como objeto de sua formação o desenvolvimento de suas habilidades e competências, que devem resultar na atuação Técnica, Ética e Social.

Para tanto, deve demonstrar interesse em buscar novas soluções para os problemas vividos dentro das indústrias de confecção relacionada à tecnologia e ao meio ambiente.

O curso apoia-se nas diretrizes curriculares, as quais devem contemplar a capacitação criativa para unificar os domínios técnicos e processo criativo, desenvolvendo o conhecimento tecnológico, com soluções inovadoras, por meio de um processo que insere o setor de desenvolvimento do produto têxtil. O Tecnólogo deve ser capaz de transformar as informações sobre o comportamento do produto em influências x tendências.

Cabe a este profissional:

  • Gerenciar projetos para a indústria de confecção do vestuário, considerando fatores estéticos, ergonômicos e produtivos;
  • Pensamento reflexivo e sensibilidade artística com criatividade para viabilizar os projetos;
  • Visão sistêmica do planejamento de coleções, manifestando capacidade de conceituá-lo a partir da combinação adequada de diversos componentes materiais e imateriais, processos de fabricação e aspectos econômicos;
  • Domínio das diferentes etapas do planejamento de uma coleção, a saber: definição de objetivos, técnicas de coleta e de tratamento de dados, avaliação de alternativas, gestão da configuração de solução e comunicação de resultados;
  • Domínio de gerência de produção, incluindo qualidade, produtividade, arranjo físico de fábrica, estoques, custos e investimentos, além da administração de recursos humanos para a produção;
  • Conhecimento do setor produtivo de sua especialização, revelando sólida visão setorial, relacionado ao mercado, materiais, processos produtivos e tecnologias;
  • Capacidade para o domínio de linguagem própria, expressando conceitos e soluções em seus planejamentos, de acordo com as diversas técnicas de expressão e reprodução visual;
  • Capacidade de interagir com especialistas de outras áreas, de modo a utilizar conhecimentos diversos e atuar em equipes interdisciplinares na elaboração e execução de pesquisas e projetos;
  • Visão histórica e prospectiva, centrada nos aspectos socioeconômicos e culturais, revelando consciência das implicações econômicas, sociais, antropológicas e ambientais;
  • Pesquisar tendências de comportamento, cores, formas, texturas e acabamentos e desenvolver produtos de moda, aplicando visão histórica sociológica e prospectiva;
  • Elaborar portfólios, dossiês e representar graficamente suas criações;
  • Elaborar protótipos e modelos, analisando a viabilidade técnica do projeto;


Informações Adicionais

Geral

Preparar profissionais com capacidade para elaborar, gerenciar projetos para a indústria de confecção do vestuário, considerando fatores estéticos, simbólicos, ergonômicos e produtivos com responsabilidade social, possibilitando aos estudantes a inserção sócio profissional com visão multidisciplinar, conexão com outras áreas da Universidade e também da sociedade, por meio de ações tecnológicas, visitas técnicas exploratórias, atendimento à comunidade, organização de eventos, parcerias com empresas e profissionais renomados, atuação na área de extensão universitária com foco na sustentabilidade, na inclusão social, no terceiro setor, no mercado e na promoção da cultura regional.

Específicos

  • Promover condições de aprendizagem que possibilitem ao aluno entender as dinâmicas que constituem o mundo do trabalho onde irá atuar, com capacidade de empreender e intervir no processo de forma protagonista.
  • Oportunizar a construção de competências, habilidades e atitudes profissionais na perspectiva do mundo da produção e do trabalho, bem como a construção de referenciais e valores que aliem a formação nas dimensões técnica e cidadã.
  • Promover o desenvolvimento da capacidade de pesquisa de tendências de comportamento, cores, formas, texturas, e acabamentos.
  • Possibilitar a avaliação, reconhecimento e certificação de conhecimentos adquiridos na educação profissional, inclusive no trabalho, para fins de prosseguimento ou conclusão de estudos, como o desenvolvimento de produtos de moda, aplicando visão histórica, sociológica e prospectiva.
  • Propor condições para representação gráfica de suas criações, elaboração de protótipos e modelos.
  • Incentivar o desenvolvimento do potencial criativo e inovador dos estudantes, como a elaboração de portfólios e dossiês, como forma de privilegiar sua capacidade de problematizar acerca dos diferentes momentos e demandas do mundo do trabalho, além de desenvolver viabilidade técnica do projeto.

O desempenho escolar é avaliado por meio do acompanhamento contínuo do estudante e dos resultados por ele obtidos nas provas parciais de avaliação de conhecimento, nos exercícios e atividades escolares ou outras formas de avaliação definidas pela universidade.

O aproveitamento em cada disciplina é obtido por meio de avaliações parciais ao longo do período letivo e avaliação final, expressando-se o resultado de cada avaliação em notas de 0 (zero) a 10,0 (dez). Para cada uma das avaliações parciais, são atribuídos pesos informados nos planos de ensino de cada disciplina.

Será considerado aprovado, independentemente de avaliações finais, o estudante que obtiver frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) das atividades da disciplina e média ponderada das avaliações parciais igual ou superior a 7,0 (sete).

Deverá realizar a avaliação final o estudante que tiver obtido o mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de frequência às atividades da disciplina e média das avaliações maior ou igual a 5,0 (cinco) e menor do que 7,0 (sete).

Nas disciplinas de caráter prático ou em estágios curriculares obrigatórios não haverá avaliação final, exceto se previsto no projeto pedagógico do curso, sendo aprovado o estudante que obtiver média das avaliações parciais, maior ou igual a 7,0 (sete).

Será aprovado o estudante que, submetendo-se à avaliação final, obtenha a média aritmética entre as avaliações parciais e a nota obtida na avaliação final, igual ou superior a 5,0 (cinco).

Será considerado reprovado o estudante que:
I. não obtiver frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento);
II. não obtiver média das avaliações parciais igual ou superior a 5,0 (cinco);
III. após a realização da avaliação final, não lograr média igual ou superior a 5,0 (cinco);
IV. nas disciplinas de caráter prático ou em estágios curriculares obrigatórios, não obtiver média das avaliações igual ou superior a 7,0 (sete).

  • Ter concluído o Ensino Médio

Prof.ª M.ª Mariana Dias de Almeida
Currículo Lattes

(14)2107-7389

moda@usc.br

Data da última atualização: 21/08/2017.*informações sujeitas a alterações

Receba nossas notícias
USC - Sagrado Coração

(14) 2107-7000
(14) 99825-8771

© 2017 | USC - Universidade do Sagrado Coração. Todos os direitos reservados.

Site Seguro