Programa de Mestrado em Odontologia

Titulação: Mestre

Duração: 2 anos

Entre em Contato: (14) 2107-7231 - strictosensu.prppg@usc.br

Apresentação

O programa de Mestrado Profissional em Odontologia, com as áreas de concentração Ortodontia e Saúde Coletiva, apresenta diversificadas potencialidades para a realização de estudos epidemiológicos visando à promoção da saúde pública com atuação preventiva e terapêutica junto à comunidade. O profissional formado pelo programa será reconhecido como mestre capaz de analisar, compreender e articular as práticas sociais e em saúde enfatizando a fundamentação científica com enfoque interdisciplinar.



Objetivos

  • Formar profissionais para o exercício da docência e da pesquisa
  • Proporcionar capacitação técnica para o desenvolvimento de habilidades e competências, despertando a visão crítico-reflexiva.

Público-Alvo

Profissionais da saúde, trabalhadores da área da saúde (psicólogos, tecnólogos em saúde, gestores em saúde, administradores hospitalares e de Unidades de Saúde), odontólogos. Para área de concentração em Ortodontia, odontólogos especialistas em Ortodontia.


Perfil do Egresso

Profissional atualizado e qualificado para o desempenho na sua área de atuação, habilitado para o exercício de funções administrativas no serviço público e/ou privado de saúde, na pesquisa básica e aplicada e na investigação de questões relacionadas à saúde e bem-estar da coletividade.

Os egressos terão formação de pesquisador-educador crítico-reflexivo, ético e comprometido com ações profissionais de caráter interdisciplinar, associadas à sua área de atuação, sendo capaz de desenvolver novas ações técnicas e/ou recurso para a prática profissional.


Requisitos

Área de concentração em Saúde Coletiva:
Ser graduado em Odontologia ou em outras áreas da saúde (psicólogos, tecnólogos em saúde, gestores em saúde, administradores hospitalares e de Unidades de Saúde, entre outras) que possam desenvolver projetos inseridos nas linhas de pesquisa do programa.

Área de concentração em Ortodontia:
Ser graduado em Odontologia e possuir especialização em Ortodontia.



Áreas de Concentração

Ortodontia
Especialidade odontológica responsável pelo estudo, prevenção e tratamento dos problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento da face, dos arcos dentários e da oclusão, ou seja, das disfunções orofaciais. Uma vez que a má oclusão não se autocorrige e o padrão facial é determinado geneticamente, os pilares que regem a área de concentração ortodontia é fazer brotar a exata e elementar noção do normal durante o longo e multifacetado período do desenvolvimento da oclusão; despertar o interesse em gerenciar os possíveis distúrbios que acometem o desenvolvimento normal da oclusão; diagnosticar a má oclusão e adotar condutas terapêuticas oportunas, eficientes e éticas, com um custo biológico desprezível, sempre que a relação custo/benefício justificar tal procedimento.

Saúde Coletiva
Tem como principal característica a formação multiprofissional para as diversas áreas da saúde e como metas a formação e capacitação de pessoal em saúde coletiva, produção de conhecimento científico, prestação de serviços de saúde, cooperação técnica e assessoria especializada, contribuindo assim para a melhoria das condições de vida e saúde da população brasileira. Além disso, contribui para ampliação da capacidade de formação de recursos humanos para o Sistema Único de Saúde-SUS.

  Linhas de Pesquisa

logo biologia oral

  • Linha de Pesquisa 1

Ações de Saúde e Qualidade de Vida

Identificar, monitorar, planejar e intervir sobre os determinantes de saúde modificáveis (do ambiente e do estilo de vida) e as ações que capacitem os indivíduos e populações a terem maior controle sobre sua saúde. Além disso, se destacam as ações voltadas para formação com foco no ensino, pesquisa e extensão.

  • Linha de Pesquisa 2

Identificação, diagnóstico e intervenções das alterações bucofaciais

Caracterizar, sob o ponto de vista preventivo, as deformidades crânio faciais e dentárias na população, visando o estabelecimento de estratégias educativas e de ações em saúde no controle dessas patologias. Além disso, destaca-se a ação no diagnóstico e intervenção terapêutica nas patologias em questão.




Infraestrutura

Laboratórios:

A Universidade do Sagrado Coração possui vários laboratórios destinados ao ensino de graduação, pós-graduação e de prestação de serviços à comunidade. São ambientes de aprendizagem com espaço físico adequado para a implantação de atividades de pesquisa, e estão sendo aperfeiçoados constantemente para melhor desempenho nas diversas áreas de pesquisa que o programa desenvolve. Tais laboratórios apresentam constante modernização por meio de recursos obtidos por financiamentos (FAPESP) e estão relacionados a seguir:

    • Laboratório de Biologia Molecular;

Biologia Molecular - DSC_0013

    • Laboratório de Biologia;
    • Laboratório de Histologia;
    • Laboratório de Histotécnica e Imuno-histoquímica;

DSC_0069

    • Laboratório de Anatomia;

DSC_0060  DSC_0050

Além dos laboratórios, a USC conta com outros ambientes para suporte ao ensino de graduação, pós-graduação e atendimento à comunidade não só por meio das atividades de pesquisa, mas também pelas atividades de extensão comunitária, como as clínicas de odontologia, fisioterapia e Ambulatório para tratamento de feridas.

Clínicas

  • Ambulatório para Tratamento de Feridas

O ambulatório para tratamento de feridas foi instituído nas dependências da Clínica de Educação para Saúde – CEPS/USC, em 2004, em decorrência do incremento da demanda dos portadores de úlceras de membros inferiores atendidos naquele ambiente. No ano de 2006, passou a configurar um projeto de Extensão Universitária. Atualmente, está alocado nas dependências da Clínica de Terapia Ocupacional da USC e realiza atendimento mediante protocolo sistematizado em portadores de úlceras de membros inferiores, sendo o paciente avaliado por uma equipe interdisciplinar, planejando os cuidados adequados, propondo tratamento para reabilitação da integridade cutânea, com técnicas apropriadas e especializadas de curativos, adotando uma abordagem holística. No ambulatório são recebidos alunos para estágio extracurricular, pesquisas e práticas com estudantes de pós-graduação.

  • Clínica de Fisioterapia

Conta com modernas instalações em amplo espaço físico, para prestar atendimento à comunidade. Dispõe de salas de atendimento totalmente equipadas, ginásio de fisioterapia para a prática de exercícios, duas piscinas terapêuticas, vestiários e banheiros adaptados, salas de observações, salas com turbilhões, sala de reunião, laboratórios de Neurologia adulto e infantil, laboratórios de massoterapia, cinesiologia e cinesioterapia, laboratório de reabilitação cardiorrespiratória, boxes com equipamentos diversos para os atendimentos na área de fisioterapia ortopédica e traumatológica, laboratório de saúde da mulher e espaços livres para o atendimento grupal.

foto 1

  • Clínicas de Odontologia

Com 3 clínicas odontológicas, infraestrutura moderna, amplo espaço físico, equipamentos odontológicos individualizados em boxes e salas para exames radiográficos. Tal infraestrutura permite oferecer à comunidade de Bauru e região serviços odontológicos com alto padrão de qualidade, considerando os avanços tecnológicos e científicos. São importante fonte de coleta de dados e ações que subsidiam as pesquisas dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade. Os pós-graduandos têm a oportunidade de desenvolver trabalhos científicos, aplicando novas técnicas, materiais e instrumentais, permitindo o aprimoramento dos mesmos, além de realizar a prática docente. Além da infraestrutura da USC, os alunos do Programa em Odontologia contam ainda com a estrutura física de diversos centros cirúrgicos de hospitais de Bauru e região para a realização de procedimentos cirúrgicos no ambiente hospitalar.

DSC_0015




Corpo Docente

Prof. Dr. Fabiano Jeremias 

Qualificação: Graduado em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Araraquara-UNESP (2007). Especialista em Odontopediatria (2010). Mestrado (2010), doutorado (2013) e pós-doutorado (2016) em Ciências Odontológicas-Área Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Araraquara-UNESP.  Researcher Fellow na Universidade de Pittsburgh, PA, EUA (2012). Colaborador em pesquisas junto a universidades no Brasil e no Exterior (EUA, Chile e Colômbia), em cursos de aperfeiçoamento e especialização em Odontologia (FACOPH-Porto Velho e UNIARA/FAEPO/APCD-Araraquara) e no Programa de Ciências Odontológicas da Faculdade de Odontologia de Araraquara-UNESP. Atualmente, é docente do Curso de Odontologia da Universidade do Sagrado Coração (USC-Bauru) e do Programa de Mestrado em Odontologia (Área de concentração - Saúde Coletiva) da mesma Instituição. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontopediatria, Diagnóstico Bucal e Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia de alterações crânio-dento-faciais, defeitos de esmalte dentário e polimorfismos genéticos. 

Área de atuação: Odontopediatria, Diagnóstico Bucal e Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia de alterações crânio-dento-faciais, defeitos de esmalte dentário e polimorfismos genéticos. As investigações têm norteado ações preventivas e promotoras de saúde bucal. 

Docente na Instituição desde 2017.
Docente permanente no programa desde o 2º semestre de 2017

E-mail: fabiano.jeremias@usc.br  

 

 
LeticiaCarnaz_NOVA_ALTA

Prof.ª. Dra. Leticia Carnaz - Doutora em Fisioterapia (UFSCAR)

Qualificação: Graduada em Fisioterapia pela Universidade Federal de São Carlos (2005), mestrado em Fisioterapia pela Universidade Federal de São Carlos (2008) e doutorado em Fisioterapia pela Universidade Federal de São Carlos (2011). Atualmente, é docente do Departamento de Fisioterapia da Universidade do Sagrado Coração (USC) e do Programa de Mestrado em Fisioterapia e do Programa de Mestrado em Odontologia (área de concentração: saúde coletiva) da mesma Instituição. Tem experiência na área de Fisioterapia Preventiva/Ergonomia e no Estudo do Movimento Humano, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação da exposição fergonômica em ambiente ocupacional, avaliação do movimento humano em situação funcional, saúde comunitária, eletrogoniometria, inclinometria, cinemetria e confiabilidade e validade de medidas. 

Área de atuação: Saúde Pública e Saúde do Trabalhador As pesquisas desenvolvidas pela docente tem como principais objetivos a identificação, análise e controle de fatores de risco associados ao desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis e musculoesqueléticas relacionadas ao trabalho, assim como avaliar o efeito de intervenções nesse contexto. As pesquisas tem priorizado a ampliação do conhecimento com relevância clínica, em especial àqueles relacionados à saúde comunitária.

Docente na Instituição desde 2012.
Docente permanente no programa desde o 1º semestre de 2013

E-mail: leticia.carnaz@usc.br 

 

 
 

Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria - Doutora em Odontologia (FOB/USP)

Qualificação: Graduada em Odontologia pela Universidade do Sagrado Coração (2003). Foi na graduação, no período de 2001-2002, bolsista de iniciação científica (PIBIC/CNPq). Especialista em Dentística Restauradora pela FUNBEO - USP (2003-2004). Possui Mestrado (2005-2007) e Doutorado (2007-2011) em Dentística Restauradora pela Faculdade de Odontologia de Bauru - Universidade de São Paulo. Atualmente é professora Doutora da Universidade do Sagrado Coração - USC, graduação e pós-graduação, atuando nas áreas de Dentística, Clínica Integrada e Saúde Coletiva e pesquisadora colaboradora na Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP). Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Dentística Restauradora e Materiais Dentários, atuando principalmente nos seguintes temas: adesão, morfologia dentinária, proteção do complexo dentinopulpar, inibidores de MMPs e lesões cervicais não cariosas.

Docente na Instituição desde 2013
Docente permanente desde o 1º semestre de 2013

E-mail: marcela.calabria@usc.br

 
 

Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti - Doutora em Doenças Tropicais (UNESP-Botucatu)

Qualificação: Graduação em Enfermagem pela Universidade do Sagrado Coração/Bauru em 1994. Especialista em Administração dos Serviços de Saúde - Saúde Pública e Administração Hospitalar pela UNAERP/Ribeirão Preto em 1995, Enfermagem do Trabalho pela Universidade do Sagrado Coração/Bauru em 1997 e Metodologia do Ensino Superior pela Universidade do Sagrado Coração/Bauru em 2004. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Botucatu em 2001 e Doutora em Doenças Tropicais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Botucatu em 2009. É docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do Sagrado Coração sendo responsável pelas disciplinas Teórico-Prática de Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem, Saúde do Adulto e Idoso na Comunidade, Políticas e Gestão de Saúde, Cálculos para Administração de medicamentos e Epidemiologia. Na Pós-graduação, é coordenadora da área de Concentração em Saúde Coletiva do curso de Mestrado em Odontologia, onde ministra as disciplinas Políticas Públicas de Saúde e Promoção da Saúde. Tem experiência na área de Enfermagem, atuando principalmente nas seguintes áreas: atendimento em situações de urgência e emergência pré-hospitalar, saúde coletiva, qualidade de vida, saúde da família, imunização, curativos e legislação trabalhista. É coordenadora do Ambulatório para Tratamentos de Úlceras da CEPS/USC. Membro do CONSU e do Conselho do Curso de Enfermagem da USC.

Área de atuação: atendimento em situações de urgência e emergência pré-hospitalar, saúde coletiva, qualidade de vida, saúde da família, imunização, curativos e legislação trabalhista..

Docente na Instituição desde 1996
Docente permanente desde o 1º semestre de 1998

E-mail: marcia.gatti@usc.br   

 
Untitled

Prof. Dr. Marcos da Cunha Virmond - Doutor em Cirurgia (FMB-UNESP)

Qualificação: Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1974) e doutorado em Bases Gerais da Cirurgia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999). Atualmente é pesquisador científico VI do ILSL/CCD - SES-SP, editor da Revista Salusvita, editor da revista Mimesis, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Hansenologia, Presidente da International Leprosy Association, professor orientador no Programa de Pós-graduação em Ciências da CCD/ SES-SP e professor orientador do Programa de Pós-graduaçao em Odontologia da Universidade do Sagrado Coração, Bauru. Tem experiência na área da Hansenologia, atuando principalmente nos seguintes temas: hanseníase, reabilitação, saúde pública, cirurgia reparadora, epidemiologia e incapacidades. Possui gradução em Música pela USC-Bauru e Doutorado em Música pela UNICAMP e atua também como docente e pesquisador na área da música. 

Área de atuação: Hanseníase, reabilitação, saúde pública, cirurgia reparadora, epidemiologia e incapacidades

Docente na Instituição desde 1996
Docente permanente desde o 1º semestre de 2015

E-mail: marcos.virmond@usc.br

 

Prof.ª Dra. Marta Helena Souza De Conti - Doutora em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia (UNESP/Botucatu)

Qualificação: Possui Graduação em Fisioterapia pela Universidade do Oeste Paulista (1983), Mestrado em Ginecologia e Obstetrícia pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita - UNESP/Botucatu (2002) e doutorado em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia pela Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Botucatu (2006). Fisioterapeuta proprietária e responsável pela Clínica Integrada de Saúde Ltda. Docente do Curso de graduação em Fisioterapia da Universidade do Sagrado Coração. Docente permanente do Programa de Mestrado Acadêmico em Fisioterapia e Docente colaboradora do Programa de Mestrado Profissional em Odontologia - Área de Concentração em Saúde Coletiva da Universidade do Sagrado Coração, Bauru. Vice-coordenadora do Programa de Mestrado em Fisioterapia da USC. Coordenadora e docente do Curso de Especialização em Fisioterapia Dermatofuncional e Saúde da Mulher. Membro titular do Conselho do Curso de Fisioterapia. Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso Tecnológico em Estética e Cosmética da USC e do Curso de Fisioterapia. Tem experiência na área de Fisioterapia, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde da mulher (gestação, desconforto músculoesquelético, adaptações musculoesqueléticas, incontinência urinária e câncer de mama), saúde coletiva e qualidade de vida.

Área de atuação:  Saúde da Mulher: Determinantes da saúde funcional explorada pelas competências (motoras, intelectuais, expressivas, relacionais) nos diversos ciclos de vida das mulheres, nos níveis de promoção a saúde, prevenção e reabilitação.. 

Docente na Instituição desde 1996
Docente colaboradora desde o 1º semestre de 1997

E-mail: marta.conti@usc.br 

 
 RitaPeruquetti_ALTA

Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti - Doutora em Genética (IBILCE/UNESP)

Qualificação: Possui graduação em Ciências Biológicas pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Catanduva (2001), mestrado em Biologia Animal pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004), doutorado em Genética pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (IBILCE/UNESP), pós-doutorado pelo Departamento de Biologia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/IBILCE) (2010) e pós-doutorado pelo Department of Biological Chemistry (University of California Irvine - UCI) (2011). Atualmente atua como docente na graduação (Ciências Biológicas, Biomedicina, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e outros cursos do Centro de Ciências da Saúde) e Pós-Graduação (Programa de Mestrado Profissional em Odontologia - Área de Concentração em Saúde Coletiva) da Universidade Sagrado Coração (USC) - Bauru. Tem experiência nas áreas de Genética; Biologia Celular e Molecular; Biologia Estrutural; e Fisiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: reprodução, espermatogênese, nucléolo, nucleologênese, corpo cromatóide, ritmos biológicos e metabolismo. 

Área de atuação: Atua na área de Biologia da Reprodução analisando aspectos genéticos e moleculares da diferenciação das células germinativas masculinas imaturas em espermatozóides.

Docente na Instituição desde 2012
Docente permanente desde o 1º semestre de 2015

E-mail: rita.peruquetti@usc.br 

 
 

Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão - Doutora em Agronomia (UNESP-Botucatu)

Qualificação: Possui graduação em Ciências Habilitação em Matemática pela Universidade do Sagrado Coração (1986), graduação em Análise de Sistemas pela Universidade do Sagrado Coração (2000), graduação em Tecnologia de Processamento de Dados pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1991), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo (2001) e doutorado em Agronomia pela Unesp de Botucatu (2006). É Professora Adjunta do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas, Centro de Ciências Humanas e da Pós-graduação em Odontologia e Biologia Oral na Universidade do Sagrado Coração. Tem experiência na área de Matemática e Saúde, com ênfase em Bioestatística, Álgebra, Cálculo Diferencial e Integral, Geometria e Formação de Professores atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade de vida, saúde coletiva, práticas educativas, informática nas aulas de matemática, bioestatística, estatística multivariada e análise discriminante. 

Área de atuação: Qualidade de vida, saúde coletiva, práticas educativas,, bioestatística, estatística multivariada e análise discriminante.

Docente na Instituição desde 1990
Docente permanente desde o 1º semestre de 2015

E-mail: ssimeao@usc.br

 
 

Prof.ª Dra. Sara Nader Marta - Doutora em Odontologia (FOB-USP)

Qualificação: Possui graduação em Odontologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1980), mestrado (1997) e doutorado (2002) em Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Bauru-USP. Especialista em Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Bauru-USP e em Pacientes com Necessidades Especiais, título conferido pelo Conselho Federal de Odontologia por notório saber. Atualmente é professora assistente da Universidade do Sagrado Coração, Coordenadora do Programa de Mestrado Profissional (stricto-sensu) em Odontologia da Universidade Sagrado Coração, professora de Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração, coordenadora do projeto de extensão Odontologia para Pessoas com Deficiência da Universidade do Sagrado Coração, integrante do Grupo de Trabalho para elaboração das Diretrizes de Atenção a Saúde Bucal da Pessoa com Deficiência no SUS. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontopediatria, atuando principalmente nos seguintes temas: odontopediatria, pessoas com deficiência, clínica odontológica, educação em saúde bucal, teleodontologia. É integrante do banco de avaliadores Institucionais e de Curso do INEP e do Conselho Estadual de Educação de São Paulo, é membro do BNI-INEP.

Área de atuação: Odontopediatria; Pessoas com deficiência e Saúde Coletiva

Docente na Instituição desde 1994
Docente permanente desde o 2º semestre de 2004

E-mail: sara.marta@usc.br

 
 

Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin - Doutora em Fisiopatologia em Clínica Médica (UNESP-Botucatu)

Qualificação: Possui graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru, USP (1978), mestrado em Odontologia pela Universidade Sagrado Coração (2003), mestrado em Biotecnologia Médica pela Faculdade de Medicina, Botucatu, UNESP (2004) e doutorado em Fisiopatologia em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina Botucatu, UNESP (2009). Atualmente é professora assistente da Universidade do Sagrado Coração no curso de graduação e é professora permanente no programa de Pós-Graduação stricto sensu, mestrado em Odontologia. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontopediatria, atuando principalmente nos seguintes temas: fluorose dentária, fluoretação, erupção dentária, bioestatística. 

Área de Atuação: Saúde Coletiva. Epidemiologia. Análise estatística.

Docente na Instituição desde 1995
Docente permanente desde o 1º semestre de 2013

E-mail: solange.franzolin@usc.br

 AnaClaudia_ALTA

Prof.ª Dra. Ana Cláudia de Castro Ferreira Conti - Doutora em Ortodontia pela Universidade de São Paulo

Qualificação: Possui graduação em Odontologia pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Ortodontia e Odontologia em Saúde Coletiva pela Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Ortodontia e Odontologia em Saúde Coletiva pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é professor da Universidade do Sagrado Coração USC-Bauru, nos cursos de graduação em Odontologia e no Programa de Pós Graduação stricto sensu –Mestrado Profissional em Odontologia. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Ortodontia, atuando principalmente nos seguintes temas: ortodontia, desordens temporomandibulares, má oclusão, tomografia computadorizada de feixe cônico e braquete autoligável. 

Área de atuação: Ortodontia, ortopedia, oclusão e disfunções temporomandibulares

Docente na Instituição desde 2015
Docente permanente desde o 1º semestre de 2015

E-mail: ana.conti@usc.br

 
 

Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho - Doutor em Ortodontia (FOB-USP)

Qualificação: Possui graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (1972), mestrado em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (1976) e doutorado em Reabilitação Oral, área Periodontia pela Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (1979). Iniciou sua carreira profissional como fundador e responsável pelo setor de Ortodontia do Centrinho (HRAC-USP), aonde atuou como ortodontista até maio de 2011, atualmente participa como docente na pós-graduação desta mesma instituição. No inicio da década de 80 acrescentou às suas atividades a prática da Ortodontia em clínica particular, desenvolvendo extensa experiência em tratamentos ortodônticos de crianças e adultos, com deformidades dentárias e/ou esqueléticas, e odontologia de acompanhamento. Atualmente é professor aposentado da Universidade de São Paulo, professor do Curso de Pós-Graduação em Fissuras Orofaciais- Mestrado (HRAC-USP), assessor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, membro titular da Associação Paulista de Especialistas em Ortodontia e Ortopedia Facial, membro do Conselho Científico da VM Comunicações, membro do corpo editorial das revistas JBO - Jornal Brasileiro de Ortodontia & Ortopedia Facial, Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial e revista Ortho Science. Possui inúmeras publicações em revistas nacionais e internacionais, e expressiva participação em congressos da especialidade, atualmente também mantém a coordenação do Curso de Especialização em Ortodontia (Profis), e colabora com vários cursos de pós-graduação em Ortodontia. É professor do curso de graduação em Odontologia, vice coordenador e professor permanente no programa de Pós Graduação stricto sensu-Mestrado Profissional em Odontologia na Universidade do Sagrado Coração.

Área de atuação: Diagnóstico com o uso de imagem; sistema de braquetes (autoligados /convencionais): sistema de alinhadores (placas transparentes) por meio de planejamento digital; avaliação das possibilidades da tração maxilar apoiada em mini placas, segundo o protocolo de De Clerck.

Docente na Instituição desde 2010
Docente permanente desde o 2º semestre de 2010

E-mail: leopoldino.capelozza@usc.br

 
 

Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin - Doutora em Ortodontia (FOB-USP)

Qualificação: Possui graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Lins (1995), Especialização em Radiologia pela FOB-USP (1997). Especialização em Ortodontia pela FOB-Universidade de São Paulo (1999), Mestrado em Ortodontia pela FOB-Universidade de São Paulo (1999), Doutorado em Ortodontia pela FOB-Universidade de São Paulo (2003), Pós-Doutorado em Ortodontia pela FOB-Universidade de São Paulo (2006). Residência Internacional em Ortodontia, Universidade de Connecticut, School of Dental Medicine no ano de 2009 e 2014. Atualmente é professora de Graduação e Pós-Graduação em Odontologia, área de concentração Ortodontia (mestrado) da Universidade Sagrado Coração (USC). É também professora de Pós Graduação do CORA-Bauru. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Ortodontia e Radiologia. Revisora dos Periódicos: American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (AJODO), Angle Orthodontists, Dental Press Journal of Orthodontics, Revista Ortodontia SPO, Autora dos capítulos do Livro: ORTODONTIA CLÍNICA E BIOMECÂNICA - Editora Dental Press, 2010, cap. 5 e 6. Co-autora dos livros Ortodontia Preventiva - Mito ou Realidade - Editora Dental Press, 2013 e Segredos do mini-implante na Ortodontia Contemporânea - Editora Santos, 2014.

Área de atuação: Avaliação da atratividade Facial; Morfologia Facial e o Tratamento Ortodôntico influenciando a qualidade de vida e auto-estima dos pacientes; Avaliação do Perfil facial em pacientes ortodônticos; Caracterização Morfológica e Epidemiologia para Análise do Padrão Facial e da Má Oclusão como Fatores de Auxílio no Protocolo de Assistência Ortodôntica; Utilização de mini implantes na mecânica ortodôntica.

Docente na Instituição desde 2011
Docente permanente desde o 2º semestre de 2011

E-mail: renata.pedrin@usc.br

 




Corpo Discente

AngelaBraga

Adriana Aparecida dos Santos
Formação: Serviço Social
Projeto: Avaliação dos Serviços Oferecidos no Ambulatório de Gestação de Alto Risco.
Orientador: Prof.ª Dra. Marta Helena de Souza de Conti

AngelaBraga

Aline Ortiz Lyra
Formação: Odontologia
Projeto: A Prototipagem Rápida como um Método Auxiliar Para o Diagnóstico de Planejamento de Caninos Superiores Não Irrompidos.
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

AngelaBraga

Ana Paula Elias de Toledo
Formação: Psicologia
Projeto: Técnica da Caixa de Areia: Efeitos da Psicoterapia Breve em Mulheres Com Sintomas Depressivos
Orientador: Prof.ª Dra. Marcia Aparecida Nuevo Gatti

AngelaBraga

Ana Stella Achoa Barros
Formação: Odontologia
Projeto: Humanização na Atenção Básica: Percepção de Profissionais , Usuários e Gestores.
Orientador: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria

AngelaBraga

Anderson Paulo Barbosa Lima
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação do Sorriso Gengival em Indivíduos Face Equilibrada e Face Longa: Percepção de Leigos, de Ortodontistas de Periodontistas e de Cirurgiões Buco-Maxilo-Facial.
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

AngelaBraga

Andrea Damasceno Rocha
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação da Agradabilidade Facial Decorrente de Diferentes Protocolos de Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe Ii
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

AngelaBraga

Andrea Maria de Souza
Formação: Odontologia
Projeto: Preferência dos Pacientes em Relação À Idade, Gênero e Traje do Ortodontista.
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

AngelaBraga

Annelisa Gregório Andreazzi
Formação: Enfermagem
Projeto: Uma Reflexão Sobre o Nível de Informação e a Atitude das Idosas Frequentadoras de um Grupo de Terceira Idade.

AngelaBraga

Bolivar Pimenta Junior
Formação: Odontologia
Projeto: Em Definição
Orientador: Prof.ª Dra. Ana Claudia de Castro Ferreira Conti

AngelaBraga

Carolina Bianchini Trentin Carrer
Formação: Enfermagem
Projeto: Nível de Informação dos Pais/Responsáveis Sobre Vacinas Disponibilizadas no Calendário Vacinal
Orientador: Prof.ª Dra. Marcia Aparecida Nuevo Gatti

AngelaBraga

Cleusa Assis Pinto
Formação: Enfermagem
Projeto: Em Definição
Orientador: Prof. Dr. Marcos da Cunha Lopes Virmond

AngelaBraga

Cyro Armando de Oliveira Henriques
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação Cefalométrica dos Efeitos Dentoesqueléticos Produzidos Pelo Aparelho Forsus no Tratamento da Má Oclusão de Classe Ii Por Deficiência Mandibular.
Orientador: Prof.ª Dra. Ana Claudia de Castro Ferreira Conti

AngelaBraga

Daniela Aparecida Flavio
Formação: Enfermagem
Projeto: A Importância do Protocolo de Dor Torácica em Pronto Atendimento.
Orientador: Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeao

AngelaBraga

Daniela Lasmar Mendonça
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação do Nível de Ansiedade e do Limiar de Dor Após Instalação de Aparelho Ortodôntico Fixo
Orientador: Prof.ª Dra. Ana Claudia de Castro Ferreira Conti

AngelaBraga

Fátima Aparecida Caldeira de Oliveira
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação do Creme Dental Com Casearia Silvestres no Controle do Biofilme Dentário e Sangramento Gengival em Jovens Adultos
Orientador: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

AngelaBraga

Fernando André Barth
Formação: Odontologia 
Projeto: Avaliação do Perfil Facial de Pacientes Com Má Oclusão de Classe Ii Tratados Com Aparelho Forsus
Orientador: Prof.ª Dra. Ana Claudia de Castro Ferreira Conti

AngelaBraga

Flavia Regina de Oliveira Cassita
Formação: Odontologia
Projeto: Em Definição
Orientador: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria

AngelaBraga

Flávio Antonio Sampaio
Formação: Enfermagem
Projeto: Impacto da Visita Pré-Operatória de Enfermagem Para os Pacientes Submetidos à Cirurgia Eletiva
Orientador: Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeao

AngelaBraga

Flávio Henrique Cognetti
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação Tomográfica da Sutura Palatina Mediana: Comparação de Dois Métodos de Diagnóstico
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

AngelaBraga

Georgia Coelho da Cunha
Formação: Odontologia
Projeto: Comparação Entre As Alterações de Rebordo Alveolar de Dentes Posteriores Mesializados Ortodonticamente e Não Mesializados

AngelaBraga

Graziela Hernandes Volpato
Formação: Odontologia
Projeto: Associação Entre a Ocorrência de Problemas Oclusão e Co-Relação Com Fatores Clínicos, Comportamentais e Sociais em Escolares da Cidade de Bauru, Araraquara e Araras-Sp
Orientador: Prof.ª Dra. Ana Claudia de Castro Ferreira Conti

AngelaBraga

Herlieni de Oliveira Mota e Silva
Formação: Enfermagem
Projeto: Cuidado Humanizado: Posicionamento Da Equipe De Enfermagem Na Unidade De Pediatria
Orientador: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

AngelaBraga

Honorio Tottoli Segundo
Formação: Odontologia
Projeto: Comparação Dos Efeitos Tegumentares Do Tratamento De Classe Ii Com Elásticos Intermaxilares Sem Extração E Com Extração De 2 Pré-Molares Superiores.
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli

AngelaBraga

Juliana Marcondes Lopes
Formação: Odontologia
Projeto: Efeitos Do Laser De Baixa Intensidade No Limiar De Dor Em Pacientes Ortodônticos.
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

AngelaBraga

Juliano Rodrigues Coimbra
Formação: Enfermagem
Projeto: Qualidade De Vida Associada Ao Estresse No Trabalho De Profissionais Da Enfermagem
Orientador: Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeao

AngelaBraga

Karla de Souza Vasconcelos
Formação: Odontologia
Projeto: Reabsorção Radicular De Molares Após Mesialização Utilizando Mini-Implantes Como Ancoragem

AngelaBraga

Luiz Fernando Tadano Miguita
Formação: Odontologia
Projeto: Estudo Tomográfico Do Estágio De Maturação Da Sutura Palatina Mediana Em 3 Niveis De Altura
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

AngelaBraga

Marcela da Silva Santos
Formação: Enfermagem
Projeto: Avaliação De Impacto De Capacitações Na Área Da Saúde Em Um Município Do Interior Do Estado De São Paulo
Orientador: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

AngelaBraga

Maria Cecília Cappellano
Formação: Odontologia
Projeto: A Promoção De Saúde No Atendimento Odontológico Nas Unidades De Estratégia De Saúde E Nas Unidades Básicas De Saúde
Orientador: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

AngelaBraga

Maria Terezinha Mucheroni Covolan
Formação: Odontologia
Projeto: Anquiloglossia E Sua Influência No Processo De Aleitamento Exclusivo
Orientador: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

AngelaBraga

Meire Belchior Pranuvi
Formação: Enfermagem
Projeto: Caracterização Epidemiológica E Demográfica Da Leishmaniose Visceral Na População De Bauru-Sp.
Orientador: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria

AngelaBraga

Monalisa Mamede dos Santos
Formação: Enfermagem
Projeto: Absenteísmo Relacionado À Doença Em Uma Empresa De Citricultura.
Orientador: Prof.ª Dra. Leticia Carnaz

AngelaBraga

Patrícia Macari Zaggo
Formação: Enfermagem
Projeto: Qualidade de Vida do Idoso e Seu Cuidador Assistidos Por Equipes de Cuidado Domiciliar: Um Estudo Caso- Controle
Orientador: Prof.ª Dra. Leticia Carnaz

AngelaBraga

Pedro Augusto Costa
Formação: Odontologia
Projeto: Influência de Aplicativo de Comunicação na Colaboração com O Tratamento Ortodôntico de Pacientes Jovens
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli

AngelaBraga

Rebeca de Oliveira Moreira
Formação: Enfermagem
Projeto: Associação Entre Distúrbios Tireoidianos e Trabalho em Turnos em Profissionais da Saúde.
Orientador: Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti

AngelaBraga

Regina Célia de Oliveira
Formação: Enfermagem
Projeto: Em Definição
Orientador: Prof. Dr. Marcos da Cunha Lopes Virmond

AngelaBraga

Renata Pereira de Amorim
Formação: Farmácia
Projeto: Relação Entre o Aumento da Região de Heterocromatina do Cromossomo 9 e a Infertilidade Masculina.
Orientador: Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti

AngelaBraga

Roberta Fernandes Gonçalves
Formação: Enfermagem
Projeto: Nível de Informação dos Enfermeiros na Leitura dos Resultados de Papanicolau.
Orientador: Prof.ª Dra. Melissa Thiemi Kato

AngelaBraga

Robertha Cristhina Gataveskas
Formação: Enfermagem
Projeto: Aplicativo Para Dispositivo Móvel Voltado Aos Protocolos de Atendimento do Centro de Referência em Moléstias Infecciosas.
Orientador: Prof.ª Dra. Melissa Thiemi Kato

AngelaBraga

Roberto de Campos Lopes
Formação: Enfermagem
Projeto: Em Definição
Orientador: Prof.ª Dra. Marcos da Cunha Lopes Virmond

AngelaBraga

Simone Maria Massud Leone
Formação: Odontologia
Projeto: A Influência das Mensagens de Texto na Efetividade do Tratamento Ortodôntico Com o Uso de Elásticos Intermaxilares
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

AngelaBraga

Soniamar Maria Queiroz Dias
Formação: Serviço Social
Projeto: A Educação e a Prevenção da Saúde Bucal Traduzidas em Libras
Orientador: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

AngelaBraga

Vera Lúcia Luvizutto Okubo
Formação: Psicologia
Projeto: Educação Especial no Ensino Superior: Estudos Dos Casos e Recursos das Ies Públicas e Privadas
Orientador: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

AngelaBraga

Victor Franca Didier
Formação: Odontologia
Projeto: Avaliação Comparativa da Influência dos Aparelhos Ortodônticos nas Entrevistas de Emprego
Orientador: Prof.ª Dra. Ana Claudia de Castro Ferreira Conti




Coordenação do Programa

Prof.ª Dra. Sara Nader Marta
Telefone: (14) 2107-7231/7051/7112
E-mail: sara.marta@usc.br 

Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho
Telefone: (14) 2107-7231/7051/7112
E-mail: leopoldino.capelozza@usc.br 

Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti
Fone: (14) 2107-7231/7051/7112
E-mail: marcia.gatti@usc.br 

Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin
Telefone: (14) 2107-7231/7051/7112
E-mail: renata.pedrin@usc.br 

Prof.ª Dra. Sara Nader Marta Coordenadora
Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho - Vice-coordenador

Área Saúde Coletiva
Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti - Coordenadora
Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria – Docente Titular
Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão – Docente Suplente

Área Ortodontia
Prof.ª Dra. Renata de Almeida Pedrin - Coordenadora
Prof.ª Dra. Ana Claudia De Conti – Docente Suplente

Representantes discentes:

Titular - Ana Stella Achôa Barros
Suplente – Marcela da Silva Santos




Estrutura Curricular

MESTRADO

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PARA AS DUAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

Docente responsável: Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti
Docente colaborador: Prof.ª Dra. Mirella Lindoso Gomes Campos

Ementa: Compreensão da publicação em ciência baseada em evidências por meio de artigos científicos – seus tipos, sua relevância e sua elaboração propriamente dita. Desenvolvimento de análise crítica na leitura de artigos e contextualização do papel do pesquisador na elaboração dos trabalhos e seu papel na disseminação da ciência. Interpretação dos fatores de impacto e Qualis. Treinamento para acesso aos sites de busca e escolha de descritores apropriados. Treinamento para escrita, formatação e envio dos artigos científicos, bem como outras formas de divulgação científica (resumos e resumos expandidos em anais de eventos).

Bibliografia básica:

1- Bernardo WM, Nobre MRC, Jatene FB. A prática clínica baseada em evidências. Parte II: buscando as evidências em fontes de informação. Rev Assoc Med Bras. 2004; 50(1): 104-8. 

2- Glasman-Deal H. Science research writing for non-native speakers of English. London: Imperial College Press; 2010.

3- Nobre MRC, Bernardo WM, Jatene FB. A prática clínica baseada em evidências. Parte I: questões clínicas bem construídas. Rev Assoc Med Bras. 2003; 49(4): 445-9.

4- Pereira MG. Artigos científicos: como redigir, publicar e avaliar. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2012.

5- Volpato GL. Publicação científica. 3.ed. São Paulo: Cultura Acadêmica; 2008.

Bibliografia complementar:

1- Bourne PE. Ten simple rules for getting published. PLOS Computational Biology. [acesso em 2014 Feb 01]. Disponível em: http://www.ploscollections.org/article/browseIssue.action?issue=info:doi/10.1371/issue.pcol.v03.i01

2- Estrela C. Metodologia Científica (Ciência, ensino, pesquisa). 2. ed. São Paulo: Artes Médicas Editora; 2004.

3- Hames I. Peer review and manuscript management in scientific journals. Guidelines for Good Practice. Blackwell: 2007.

4- Sollaci L, Pereira MG. The introduction, methods, results and discussion (IMRAD) structure: a fifty-year survey. Journal of the Medical Library Association. 2004; 92(3): 364-367.

Periódicos recomendados:

1- Descritores em Ciências da Saúde DECS. [acesso em 2016 Jun 28]. Disponível em: http://decs.bvs.br

2- PUB MED. [acesso em 2016 Jun 28] Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed

3- Journal Citation Reports. [acesso em 2016 Jun 28]. Disponível em: http://wokinfo.com/essays/impact-factor

4- Scientific Eletronic Library Online. [acesso em 2016 Jun 28]. Disponível em: http://www.scielo.br

5- Qualis CAPES. [acesso em 2016 Jun 28]. Disponível em: http://www.capes.gov.br/avaliacao/qualis

6- Periódicos CAPES. [acesso em 2016 Jun 28]. Disponível em: http://www.periodicos.capes.gov.br

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docentes responsáveis: Prof.ª Dra. Sara Nader  Marta e Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

Ementa: Discussão dos aspectos pedagógicos e didáticos, bem como diretrizes e políticas educacionais e outros aspectos práticos da vida acadêmica. Reflexões em torno de temas de pedagogia na área da saúde, com destaque para a educação permanente – a formação pedagógica do docente. Elaboração de material didático e exercícios escolares e aplicação de avaliações sempre sob supervisão de um docente.

Bibliografia:

LOWMAN J. Dominando as Técnicas de Ensino. São Paulo: Atlas, 2007. 309p.

GIL A C. Didática de Ensino Superior. São Paulo: Atlas, 2006. 283p.

CAMARGO, M. Filosofia do conhecimento e ensino-aprendizagem. Petrópolis: Vozes, 2004.

LARANJEIRA, M. I. Da arte de aprender ao ofício de ensinar: relato, em reflexão, de uma trajetória. Bauru, EdUSC, 2006.

RIVERO, C.M. L.; GALLO, S. A formação de professores na Sociedade do conhecimento. Bauru: Edusc, 2006.

SEMLER, R.; DIMENSTEIN, G.; COSTA, A. C. G. Escola sem sala de aula. Campinas, SP: Papirus, 2004.

VEIGA, I. P. A. et al. Pedagogia universitária: a aula em foco. Campinas: Papirus, 2000.

Brasil. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Plano Nacional de Pós-Graduação – PNPG 2011-2020 / Coordenação de Pessoal de Nível Superior. – Brasília, DF: CAPES, 2010, volumes 1 e 2. Disponível em:  http://www.capes.gov.br/sobre-a-capes/plano-nacional-de-pos-graduacao/pnpg-2011-2020

Periódicos recomendados:

Revista Brasileira de Educação Médica - http://www.educacaomedica.org.br

Revista Brasileira de Educação - http://www.anped.org.br/rbe/rbe/rbe.htm

Interface-Comunicação, Saúde, Educação – http://www.interface.org.br

Ensaio- Avaliação e Políticas Públicas em Educação - http://redebrasileirademea.ning.com/group/livros/forum/topics/revista-ensaio-avaliacao-e?xg_source=activity

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docentes responsáveis: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin e Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão

Ementa: Estatística descritiva. Introdução aos conceitos e métodos da inferência estatística. Probabilidade. Distribuições de probabilidade. Testes de hipóteses e intervalo de confiança. Testes paramétricos e não paramétricos. Correlação e regressão linear. Utilização de softwares para análise de dados quantitativos.

Bibliografia:

ARANGO, H. G. Bioestatística teórica e computacional. Rio de Janeiro: Guanabara

Koogan, 2001.

LARSON, R. Estatística Aplicada. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

LAURENTI, R. et al. Estatísticas de Saúde. São Paulo: EPU, 2005.

VIEIRA, S. Bioestatística. Rio de Janeiro: Campus, 2010.

VIEIRA, S. Bioestatística - Tópicos Avançados. Rio de Janeiro: Campus, 2010.

http://www.scielo.br/revistas/csp/paboutj.htm (Cadernos de Saúde Pública)

http://www.scielo.br/revistas/csc/paboutj.htm (Revista Ciência & Saúde Coletiva)

http://www.scielo.br/revistas/rbepid/paboutj.htm (Revista Brasileira de Epidemiologia)

http://www.scielo.br/revistas/rsp/paboutj.htm (Revista de Saúde Pública)

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Professor Colaborador: Prof.ª Dra.Rita Luiza Peruquetti
Professor Colaborador: Prof.ª Paulo Henrique Weckwert

Ementa: Aplicação do conhecimento científico na estruturação do projeto de pesquisa para realização de monografia, dissertação e tese - seleção do tipo de pesquisa; fases para execução de uma pesquisa; análise crítica de artigo científico; realização de leitura científica eficiente; compreensão das questões estatísticas e epidemiológicas; à luz dos conceitos que norteiam a bioética em pesquisa científica.

Bibliografia básica:

1- APPOLINARIO, F. Metodologia da ciência. Filosofia e prática da pesquisa. São Paulo: Cengage Learning, 2011.           

2- BARRETO, M.L. Growth and trends in scientific production in epidemiology in Brazil. Rev. Saúde Pública, v. 40, n. esp., p. 79-85, 2006.

3- BELL, J. Doing your research project. A guide for first-time researchers in Education and Social Science. 2nd ed. Buckingham: Open University Press, 1993.

4- ESTRELA, C . Metodologia Científica (Ciência, ensino, pesquisa). 2. ed. São Paulo: Artes Médicas Editora, 2004.

5- MARINHO, V. C. C. Prática odontológica baseada em evidência. Sua aplicação na promoção da saúde bucal. In: BUISCHI, Y. P. Promoção de saúde bucal na clínica odontológica. São Paulo: Artes Médicas, 2000. p 339-359.

6- PEH, W. C. G.; NG, K. H. Writing the introduction. Singapore Med., J; v. 49, n. 19, p. 756, 2008.

7- PEREIRA, M. G. Epidemiologia: Teoria e Prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995.

8- SACKETT, D. L. Evidence-based medicine: how to practice and teach. Edinburgh: Churchill-Livingstone, 2000.

9- SANDELOWSKI, M. Reading, writing and systematic review. Journal of Advanced Nursing, v. 64, n. 1, p. 104-110, 2008.

10- SZKLO, M. Quality of scientific articles. Rev. Saúde Pública, v. 40, n. esp., p. 30-35, 2006.

11- TOMASKA, L. Genetics Education Note- Innovations in Teaching and Learning Genetics. Genetics, v. 175, p. 17-20, 2007.

12- UNIVERSIDADE SAGRADO CORAÇÃO. Guia para Normalização de Trabalhos Acadêmicos. Edusc. 2012.

13- WAY, C. W. V. Writing a Scientific Paper. Nutr. Clin. Pract., v. 22, p. 638, 2007.

Periódicos recomendados:

1- Cadernos de Saúde Pública - http://www.ensp.fiocruz.br/csp

2- Revista Ciência & Saúde Coletiva - http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br

3- Revista Brasileira de Epidemiologia - http://www.abrasco.org.br/publicacoes/rbe.php

4- Revista de Saúde Pública - http://www.rsp.fsp.usp.br

5- Oral Health Surveys - http://apps.who.int

6- Journal of Advanced Nursing - http://onlinelibrary.wiley.com

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS A ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

Professor Responsável: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria
Professor Colaborador: Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão

Ementa: Expansão do pensamento crítico, reflexivo e interdisciplinar na construção do conhecimento. Elaboração e análise de textos científicos; elaboração e avaliação dos projetos de pesquisa. Discussão e análise de todas as etapas previstas na elaboração da dissertação, de forma gradativa. Processo de elaboração da dissertação de cada aluno; à luz dos conceitos que norteiam a bioética em pesquisa científica.

Bibliografia básica:

1- AQUINO, E. M. L. Gênero e saúde: perfil e tendências da produção científica no Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 40, n. especial, p.121-132, ago. 2006.

2- BARROS, A. J. D. Produção científica em saúde coletiva: perfil dos periódicos e

avaliação pela Capes. Rev. Saúde Pública, v. 40, n. especial, p. 43-49, ago. 2006.

3- CAMPOS, C. M. S.; BATAIERO, M. O. Necessidades de saúde: uma análise da

produção científica brasileira de 1990 a 2004. Interface (Botucatu), v. 11, n. 23, p.

605-618, dez. 2007.

4- COIMBRA Jr., C. E. A. Produção científica em saúde pública e as bases

bibliográficas internacionais. Cad. Saúde Pública, v. 15, n. 4, p. 883-888, out. 1999.

5- MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 7. ed.

São Paulo; Rio de Janeiro: Hucitec; Abrasco, 2000.

6- PACKER, A. L.; TARDELLI, A. O.; CASTRO, R. C. F. A distribuição do conhecimento

científico público em informação, comunicação e informática em saúde indexado nas

bases de dados MEDLINE e LILACS. Ciênc. Saúde Coletiva, v. 12, n. 3, p. 587-599,

jun. 2007.

Periódicos recomendados:

1- http://www.scielo.br/revistas/csp/paboutj.htm (Cadernos de Saúde Pública)

2- http://www.scielo.br/revistas/csc/paboutj.htm (Revista Ciência & Saúde Coletiva)

3- http://www.scielo.br/revistas/rbepid/paboutj.htm (Revista Brasileira de Epidemiologia)

4- http://www.scielo.br/revistas/rsp/paboutj.htm (Revista de Saúde Pública)

5- Haynes RB, Mulrow CD, Huth EJ et al: More informative abstracts revisited. Ann

Intern Med, 1990, 113: 847–51 Anon. Writing a Scientifi c Research Article. 6 pages

retrieved from http://www.mrcphth.com/publishorperish/overview.html .

6- Anon. Writing a Scientific Research Paper. 7 pages retrieved from umech.mit.edu/

freeman/6.021J/writing/pdf on December 23, 2005.

7- Austhink – Critical Thinking on the Web. Defi nitions. Defi nitions of “Critical

Thinking”. 6 pages retrieved from http://www.austhink.org/critical/pages/definitions.html.

8- Cal State L.A. University Writing Center. Writing the Discussion Section. Retrieved from http://www.calstatela.edu/centers/write_cn/sbrespr3htm.

9- Caprette DR: Assessing Research Papers. Experimental Biosciences. Introductory Laboratory – Bios 211. Updated May 2005. 4 pages retrieved from http://

www.ruf.rice.edu/bioslabs/assessment/papers_ass.htm.

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Professor Responsável: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria
Professor Colaborador: Prof.ª Dra. Márcia Ap. Nuevo Gatti

EMENTA: Epidemiologia básica e suas áreas de atuação. Medidas de saúde, vigilância epidemiológica e análises epidemiológicas. Ênfase aos estudos clássicos de observação e intervenção. Planejamento das políticas públicas de saúde.

Bibliografia básica:

1- ALMEIDA FILHO, N. Epidemiologia e saúde: fundamentos, métodos, aplicações. Rio de Janeiro, RJ: Guanabara Koogan, 2011.

2- BEAGLEHOLE, R.; BONITA, R.; KJELLSTRÖM, T. Epidemiolgia básica. São Paulo: Santos, 1996.

3- CRIVELLO JUNIOR, O. Epidemiologia da saúde bucal. Vol. 2. Rio de Janeiro, RJ: Guanabara Koogan, 2006.

4- FORANTTINI, O. P. Ecologia, Epidemiologia e Sociedade. São Paulo: EDUSP; Artes Gráficas, 1992.

5- LAURENTI, R. et al. Estatísticas de Saúde. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, Ltda., 1987.

6- LAURENTI, R.; MELLO JORGE, M. H. P.; GOTLIEB, S. L. D. As condições de Saúde do Brasil, Revista USP, São Paulo, n.51, p. 44-57, setembro/novembro, 2001.

7- MINAYO, M. C. S. Os muitos Brasis. Saúde e população na década de 80. São Paulo, Rio de Janeiro: Hucitec; ABRASCO, 1999.

8- MELLO JORGE, M. H. P.; GOTLIEB, S. L. D. As condições de Saúde no Brasil. Min. Saúde, OPS/OMS: Fiocruz, 2000.

9- ROUQUAYROL, M. Z.; GURGEL, M. Epidemiologia e saúde. 7a edição. Rio de Janeiro, RJ: Medbook, 2013.

10- WALDMAN, E. A. Doenças infecciosas emergentes e reemergentes. Revista USP, São Paulo, n.51, p.128-137, setembro/novembro, 2001.

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Professor Responsável: Prof.ª Dra. Márcia Ap. Nuevo Gatti
Professor Colaborador: Prof.ª Dra. Marta Helena Souza De Conti

Ementa: Estado e Políticas de Saúde no Brasil. A trajetória histórica de construção do Sistema Único de Saúde (SUS). Mudanças econômicas e políticas de saúde no Brasil. Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), Estratégia Saúde da Família (ESF) e Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde. O planejamento em saúde, indicadores de gestão e desafios para o século 21.

Bibliografia básica:

1- AGUIAR, Z. N. (Org.).  SUS: Sistema Único de Saúde: antecedentes, percurso, perspectivas e desafios. São Paulo, SP : Martinari, 2011.

2- ANDRADE, L. O. M.; BARRETO, C. H. C. SUS passo a passo: história, regulamentação, financiamento e políticas nacionais. 2. ed. rev. ampl. São Paulo: HUCITEC, 2007.

3- BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Ciência e Tecnologia. Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. Série B. Textos Básicos em Saúde.

4- HOWLETT, M.; PERL, A.; RAMESH, M. Política Pública. Rio de Janeiro, RJ:Campus, 2012.  

5- PEREIRA, A. C. e cols. Tratado de Saúde Coletiva em Odontologia. 2. ed. São Paulo, SP: Napoleão, 2009.

6- WRIGHT, L. M.   Enfermeiras e famílias: guia para avaliação e intervenção na família. 5. ed. São Paulo, SP: Roca, 2012.

Periódicos recomendados:

1- Cadernos de Saúde Pública - http://www.ensp.fiocruz.br/csp

2- Revista Ciência & Saúde Coletiva - http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br

3- Revista de Saúde Pública - http://www.rsp.fsp.usp.br

4- Conselho Nacional de Secretários de Saúde - http://www.portalconass.org.br.

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Professor Responsável: Prof. Dr. Marcos da Cunha Lopes Virmond
Professor Colaborador: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta
Professor Colaborador: Prof.ª Dra. Márcia Ap. Nuevo Gatti

Ementa: Aspectos histórico, conceituais e metodológicos da promoção de saúde. Análise crítica e reflexiva sobre as diferentes abordagens em promoção de saúde. Tendências da pesquisa em promoção de saúde. Risco e vulnerabilidade social; comunidade e participação comunitária; equidade e direitos em saúde; empowerment.

Bibliografia básica:

1- BECKER, D. Organizações da sociedade civil e políticas públicas em saúde. In: GARCIA, J.; LANDIM, L.; DAHMER, H. Sociedade e políticas: novos debates entre ONGs e universidades. Rio de Janeiro: Revan, 2003. p. 117-134.

2- CZERESNIA, D., FREITAS, C. M. Promoção da Saúde: conceitos, reflexões, tendências. 2ª. Ed.; Editora Fiocruz, 2011.

3- GIBBON, M.; LABONTE, R.; LAVERACK, G. Evaluating community capacity. Health and Social Care in the Community, v. 10, n. 6, p. 485-491, 2002.

4- Health Communication Unit. Centre for Health Promotion Evaluating Health Promotion Programs. University of Toronto: Toronto, 2002.

5- HILLS, M.; MULLETT, J. Community based research and evaluation. Collaborative action for health and social change: a workbook. Victoria: University of Victoria, 2002.

6- LOPES, M. S. V; SARAIVA, K. R.O.; FERNANDES, A. F. C.;  XIMENES, L. B. Análise do conceito de promoção da saúde. Texto contexto - enferm. [online]. 2010, vol.19, n.3, pp. 461-468. ISSN 0104-0707.

 7- TESSER, C. D.; GARCIA, A. V.; VENDRUSCOLO, C.; ARGENTA, C. E. Estratégia saúde da família e análise da realidade social: subsídios para políticas de promoção da saúde e educação permanente . Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.11, pp. 4295-4306. ISSN 1413-8123.

8- ZOMBINI, E. V.; BOGUS, C. M.; PEREIRA, I. M. T. B.; PELICIONI, M. C. F. Classe hospitalar: a articulação da saúde e educação como expressão da política de humanização do SUS. Trab. educ. saúde [online]. 2012, vol.10, n.1, pp. 71-86. ISSN 1981-7746.

Periódicos recomendados:

1- Cadernos de Saúde Pública - http://www.ensp.fiocruz.br/csp

2- Revista Ciência & Saúde Coletiva http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br

3- Revista de Saúde Pública - http://www.rsp.fsp.usp.br

4- Revista Trabalho Educação Saúde – http://www.revista.epsjv.fiocruz.br

5- Revista Texto e Contexto – http://www.textoecontexto.ufsc.br

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docentes responsáveis: Prof.ª Dra. Leticia Carnaz e Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

Ementa: Planejamento, desenvolvimento e avaliação de método de apreensão do processo saúde-doença em instituições sociais e de saúde; estudo da estrutura e funcionamento das instituições e suas relações com os serviços de saúde realizando a caracterização social, econômica e sanitária da população abrangida. Participação no planejamento de medidas de intervenção no campo de saúde, em âmbito coletivo e individual.

Bibliografia:

PEREIRA, MG. Epidemiologia: Teoria e Prática. 1 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2010.

WORTHEN BR, SANDERS J, FITZPATRICK JL. Avaliação de programa: concepções e práticas. São Paulo: Editora Gente, 2004.

HARTZ Z, SILVA L. Avaliação em saúde: dos modelos teóricos à prática na avaliação de programas e sistemas de saúde. Salvador: EDUFBA; Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2005.

BOSI, M.L.M.; MERCADO, F.J. (Org). Avaliação qualitativa de programas de saúde: enfoques emergentes. Petrópolis: Vozes, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária da Atenção à Saúde. Departamento da Atenção Básica. Avaliação para melhoria da qualidade da estratégia saúde da família. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. Documento técnico e Cadernos de auto-avaliação.

HARTZ, Z.M.A.; SILVA, L.M.V. (Org). Avaliação em saúde: dos modelos teóricos à prática na avaliação de programas e sistemas de saúde. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2005.

Periódicos recomendados:

Cadernos de Saúde Pública - http://www.ensp.fiocruz.br/csp

Revista Ciência & Saúde Coletiva - http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br

Revista Brasileira de Epidemiologia - http://www.abrasco.org.br/publicacoes/rbe.php

Revista de Saúde Pública - http://www.rsp.fsp.usp.br

Revista Brasileira em Promoção da Saúde - http://www.unifor.br/index.php

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS A ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM ORTODONTIA

Docente Responsável: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

Ementa: Compreensão da ortodontia preventiva e interceptora como possibilidade de correção ortodôntica precoce, duas questões primordiais: a necessidade e a oportunidade do tratamento. Análise crítica e avaliação da literatura pertinente atual e discernimento das particularidades destinadas à correção precoce das más oclusões.

Bibliografia:

ALMEIDA, R.R. Ortodontia Preventiva e Interceptora: Mito ou Realidade? Dental Press, 1a. Ed. 2013.

ALMEIDA-PEDRIN, RR; PINZAN, A.; ALMEIDA, RR; ALMEIDA, MR; FERREIRA, F PC. Treatment effects of headgear biteplane and bionator appliances. Amer J Orthod Dentofac Orthop, v. 132, p. 191-198, 2007.

ALMEIDA, MR; ALMEIDA-PEDRIN, RR; ALMEIDA, RR; POZZOBON, AL; SIlva Filho, O.G. . Prevalência de má oclusão em crianças de 7 a 12 anos de idade na cidade de Lins-SP e região. Rev Dental Press Ortod Ortop Facial, v.16, p.123-131, 2011.

ALMEIDA, RR, ALMEIDA-PEDRIN, RR, ALMEIDA, MR, PINZAN, A,. Etiologia das más oclusões - Causas hereditárias e congênitas, adquiridas gerais, locais e proximais (hábitos bucais). Rev Dental Press Ortod Ortop Facial, v. 5, n. 6, p. 87-108, 2000.

ALMEIDA, RR, GARIB, D, ALMEIDA-PEDRIN, RR, ALMEIDA, MR, HENRIQUES JFC. Ortodontia Preventiva e Interceptora: Mito ou Realidade. Rev Dental Press Ortod Ortop Facial, v.4, n.6, p. 87-108, 1999.

BRANDÃO-JR, D.; CASTRO, RCFR. Comparação da eficiência oclusal do tratamento ortopédico com o regulador de função Fränkel-2 e Bionator de Balters por meio do índice PAR. Ortodontia, v. 43, p. 491-499, 2010.

CASSIS, MA; ALMEIDA, RR; JANSON, G; ALMEIDA-PEDRIN, RR; ALMEIDA, MR . Treatment effects of bonded spurs associated with high-pull chincup therapy in the treatment of patients with anterior open bite. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, v. 142, p. 487-493, 2012.

CEPERA, F. ; ANGELIERI, F. ; BOMMARITO, S. ; SIQUEIRA, D.F.. Efeito do laser de baixa intensidade na expansão rápida da maxila. Ortodontia, v. 41, p. 222-226, 2008.

COZZA P, MUCEDERO M, BACCETTI T, FRANCHI L. Early orthodontic treatment of skeletal open-bite malocclusion: a systematic review. Angle Orthod., v.75, n.5, p.707-13, Sept. 2005.

FERREIRA, FPC, ALMEIDA, MR, ALMEIDA, RR, ALMEIDA-PEDRIN RR, TORRES FC. A prospective study of the treatment effects of a removable appliance with palatal crib combined with high-pull chincup therapy in anterior open-bite patients. Am J Orthod Dentofac Orthop, v.129, p.418-423, 2006.

GERAN RG, MCNAMARA JA JR, BACCETTI T, FRANCHI L, SHAPIRO LM. A prospective long-term study on the effects of rapid maxillary expansion in the early mixed dentition. Am J Orthod Dentofacial Orthop. v.129, n.5, p.631-40, May 2006.

SANKEY W, BUSCHANG P, ENGLISH J, OWEN A. Early treatment of vertical skeletal dysplasia: the hyperdivergent phenotype. Am J Orthod Dentofacial Orthop, v.118, n.3, p.317-27, 2000.

SILVA FILHO, O. G.; LARA, T. S; ALMEIDA, A. M.; SILVA, H. C. Evaluation of the midpalatal suture during rapid palatal expansion in children: a CT study.  J. Clin. Pediatric Dentistry, Birmingham, v. 29, n. 3, p. 231-238, Spring 2004.

SILVA FILHO, OMAR GABRIEL; LARA, T.; GARIB, D. G. Extrações Seriadas: fatores relacionados às extrações de pré-molares. Dental Press Journal of Orthodontics, v. 16, p. 100-120, 2011.

TORRES, FC. ; ALMEIDA, R.R. ; ALMEIDA, MR. ; ALMEIDA-PEDRIN, RR.de; PEDRIN, F. ; HENRIQUES, JFC.  Anterior open bite treated with a palatal crib and high-pull chin cup therapy. A prospective randomized study. European Journal of Orthodontics, v. 28, p. 610-617, 2006.

TORRES, FC.; ALMEIDA, RR.; ALMEIDA-PEDRIN, RR; FERREIRA, FPC; PARANHOS, LR.  Dentoalveolar comparative study between removable and fixed cribs, associated to chincup, in anterior open bite treatment. Journal of Applied Oral Science, v. 20, p. 531-537, 2012.

Periódicos recomendados:

American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics - http://www.ajodo.org

Angle Orthodontist - http://www.angle.org

European Journal of Orthodontics - http://www.oxfordjournals.org

Journal of Indian Society of Pedodontics - http://www.jisppd.com

Dental Press Journal of Orthodontics- http://www.dentalpress.com.br/revista

Journal of Clinical Pediatric Dentistry - http://pediatricdentistry.metapress.com

Journal of Applied Oral Sciences - http://www.fob.usp.br/jaos

Journal of Clinical Orthodontics - http://www.jco-online.com

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docente responsável: Prof.ª Dra. Ana Cláudia de Castro Ferreira Conti

Ementa: Fundamentos da origem, diagnóstico e abordagens terapêuticas das anomalias dentárias e dos distúrbios irruptivos. Conhecimentos sobre as diversas anomalias dentárias de número, tamanho e posição e cronologia de desenvolvimento e a inter-relação destas irregularidades no padrão de anomalias dentárias associadas.

Bibliografia:

BACCETTI T. A controlled study of associated dental anomalies. Angle Orthod, v. 68, n. 3, p. 267-274, 1998.

ERICSON, S., KUROL, J. Resorption of incisors after ectopic eruption of maxillary canines: a CT study. Angle Orthod., v. 70, n. 6, p. 415-423, Dec. 2000.

BECKER, A.; SHARABI, S.; CHAUSHU, S. Maxillary tooth size variation in dentitions with palatal canine displacement. Eur J Orthod., v. 24, n. 3, p. 313-318, Jun 2002

PECK, S.; PECK, L.; KATAJA, M. Concomitant occurrence of canine malposition and tooth agenesis: evidence of orofacial genetic fields. Am J Orthod Dentofac Orthop. v.122, n. 6, p. 657-60, 2002.

ELY, N. J.; SHERRIFF, M. COBOURNE, M, T. Dental transposition as a disorder of genetic origin. Eur J Orthod., v. 28, n. 2, p.145-151, Apr. 2006.

CAPELOZZA FILHO, L.; CARDOSO, M. D. E. A.; NA, T. L.; BERTOZ, F. A. Maxillary canine-first premolar transposition. Angle Orthod., v. 77, n. 1, p.167-175,  Jan. 2007.

CAPELOZZA FILHO, L.; CARDOSO, M. A.; CARDOSO NETO, J. Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada. Revista Clínica de Ortodontia Dental Press, v. 6, p. 73-85, 2007.

GARIB, D. G.; PECK, S.; GOMES, S. C. Increased occurence of dental anomalies in patients with second premolar agenesis. Angle Orthodont, v. 79, n. 3, p. 436-441, May 2009.

AVILA, E. D.; MOLON, R. S.; MOLLO JUNIOR, F. A.; BARROS, L. A. B.; CARDOSO, M. A.; CAPELOZZA FILHO, L.; CIRELI, J. A.  Multidisciplinary Approach for the Aesthetic Treatment of Maxillary Lateral Incisors Agenesis: When thinking about implants?. Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology and Endodontics (no prelo).

Periódicos recomendados:

Americam Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics - http://www.ajodo.org

Angle Orthodontist - http://www.angle.org

Acta Odontológica Scandinavica - http://informahealthcare.com/loi/ode

European Journal of Orthodontics - http://www.oxfordjournals.org

Seminars in Orthodontics - http://www.semortho.com/

Dental Press Journal of Orthodontics - http://www.dentalpress.com.br/revista

Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology and Endodontics - http://www.sciencedirect.com/science/journal/10792104

Journal of Applied Oral Sciences - http://www.fob.usp.br/jaos

Community Dentistry and Oral Epidemiology - http://www.wiley.com

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docente responsável: Prof.ª Dra. Ana Cláudia de Castro Ferreira Conti

Ementa: Análise e discussão dos protocolos de tratamento ortopédico destinados à correção das más oclusões com envolvimento esquelético, com suas vantagens e desvantagens; indicações e fase do tratamento que melhor se adequam. Ênfase nas possibilidades e limitações no manejo do crescimento, considerando as repercussões dentárias compensatórias.

Bibliografia:

FATTORI, L.; BRANGELI, L. A. M.; CAPELOZZA FILHO, L. Avaliação da inclinação dentária no tratamento compensatório do padrão II com tomografia computadorizada. Dental Press Journal of Orthodontics, v. 15, p. 118-129, 2010.

FIGUEIREDO, M.; SIQUEIRA, D.F.; BOMMARITO,S.; SCANAVINI, M.A. Orthodontic Compensation In Skeletal Class III Malocclusion: a case report. World Journal of Orthodontics, v. 8, p. 385-396, 2007.

JANSON, G. ; NAKAMURA, A. ; CHIQUETO, K. ; CASTRO, RCFR ; FREITAS, M. R.; HENRIQUES, J.F.C. Treatment Stability with the eruption guidance appliance. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, v. 131, p. 717-728, 2007.

KINZINGER G., FRYE L., DIEDRICH P. Class II treatment in adults: comparing camouflage orthodontics, dentofacial orthopedics and orthognathic surgery--a cephalometric study to evaluate various therapeutic effects. J Orofac Orthop, 70(1): 63-91, 2009.

COZZA P, BACCETTI T, FRANCHI L, DE TOFFOL L, MCNAMARA JA JR. Mandibular changes produced by functional appliances in class II malocclusion a systematic review. Am J Orthod Dentofacial Orthop. 2006 May;129(5):599e1-599e12.

SIQUEIRA, D.F.; ALMEIDA, R.R.; JANSON, G.; BRANDAO, A. G. ; COELHO FILHO, C.M. Dentoskeletal and soft-tissue changes with cervical headgear and mandibular protraction appliance therapy in the treatment of Class II malocclusions. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, v. 131, p. e21-e30, 2007.

SILVA FILHO, O. G.; BERTOZ, F. A.; CAPELOZZA FILHO, L.; ALMADA, E. C. Crescimento facial espontâneo Padrão II: estudo cefalométrico longitudinal. Dental Press Ortodon. Ortop. Facial, v. 14, n. 1, p. 40-60, jan./fev. 2009.

REIS, S. A. B. ; ABRÃO, J ; CLARO, C. A. A. ; FORNAZARI, R. F. ; CAPELOZZA FILHO, L. . Concordância dos ortodontistas no diagnóstico do Padrão Facial. Dental Press Journal of Orthodontics, v. 16, p. 60-72, 2011.

CAPELOZZA FILHO, LEOPOLDINO ; LI AN, TIEN ; SIQUEIRA, DANILO FURQUIM; CASTRO, RENATA CRISTINA FARIA RIBEIRO DE; CARDOSO, MAURÍCIO DE ALMEIDA . New perspective on Herbst therapy for skeletal Class II malocclusions. A proposal for maxillary protrusion management. Orthodontics: The Art and Practice of Dentofacial Enhancement, 2012 (no prelo).

Periódicos recomendados:

Americam Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics - http://www.ajodo.org

Angle Orthodontist - http://www.angle.org

European Journal of Orthodontics - http://www.oxfordjournals.org

Seminars in Orthodontics - http://www.elsevier.com

Dental Press Journal of Orthodontics - http://www.dentalpress.com.br/revista

Orthodontics: The Art and Practice of Dentofacial Enhancement - http://www.quintpub.com/journals/wjo

Ortho science - http://www.orthoscience.com.br

Journal of Orofacial Orthopedics - http://www.springer.com/medicine/dentistry

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docente responsável: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

Ementa: Análise critica da história da Ortodontia, com foco em mudanças de conceito e de prática clínica desde os seus primórdios até o estágio atual, embasado em evidências científicas.

Bibliografia:

ANGLE, E. H. Classification of malocclusion. Dent  Cosmos, Philadelphia, v. 41, p.248-264, 1889.

ANDREWS, L. F. Straight-wire: the concept and appliance. San Diego: L. Well, 1989. 406 p.

ARTUN, J.; GROBÉTY, D. Periodontal status of mandibular incisors after pronounced orthodontic advancement during adolescence: a follow-up evaluation. Amer. J. Orthod. Dentofacial Orthop., St. Louis, v. 119, n. 1, p. 2-10, Jan. 2001.

CHUNG, K.; KIM, S.; KOOK, Y. C-Orthodontic microimplant for distalization of mandibular dentition in Class III correction. Angle Orthod; 75:119-28, 2005.

JONES, G.; BUSHING, P.H.; KIM, K.B.; OLIVER, D.R. Class II Non-Extraction Patients Treated with the Forsus Fatigue Resistant Device Versus Intermaxillary Elastics. Angle Orthod. 78(2): 332-38, 2008.

DE CLERCK, H.J.; CORNELIS, M.A.; EVIDANES, L.H.; HEYMANN, G.C.; TULLOCH, C.J. Orthopedic traction of the maxilla with miniplates: a new perspective for treatment of midface deficiency. J Oral Maxillofac Surg. 2009 Oct;67(10):2123-9

EHSANI, S.; MANDICH, MA; EL-BIALY, TH; FLORES-MIR C. Frictional resistance in self-ligating orthodontic brackets and conventionally ligated brackets: a systematic review. Angle Orthod., Appleton, v. 79, no. 3, p. 592-601, 2009.

WILCKO, M. T.; WILCKO, W. M.; PULVER, J. J.; BISSADA, N. F.; BOUQUOT, J. E. Accelerated osteogenic orthodontics technique: a 1-stage surgically facilitated rapid orthodontic technique with alveolar augmentation.  J Oral Maxillofac Surg, v. 67, n.10, p. 2149-2159, Oct. 2009.

CAPELOZZA FILHO, L. Metas Terapêuticas Individualizadas. Maringá: Dental Press, 2011. 984p.

Periódicos recomendados:

Americam Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics - http://www.ajodo.org

Angle Orthodontist - http://www.angle.org

Journal of Clinical Orthodontics - http://www.jco-online.com

European Journal of Orthodontics - http://www.oxfordjournals.org

Seminars in Orthodontics - http://www.elsevier.com/wps/find/journal

Dental Press Journal of Orthodontics - http://www.dentalpress.com.br/revista

International Journal of Oral and Maxillofacial Surgery - http://www.sciencedirect.com/science/journal/09015027

Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology and Endodontics - http://www.sciencedirect.com/science/journal/10792104

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docente responsável: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

Ementa: Acompanhamento e avaliação crítica do tratamento ortodôntico (fase ativa ou pós-tratamento) em pacientes de diferentes faixas etárias. Coleta de dados e de documentação em tempos apropriados, seguindo protocolos previamente estabelecidos. Realização de diagnóstico, prognóstico, metas terapêuticas e planos de tratamento no contexto de todos os aparelhos e recursos mecânicos utilizados.

Bibliografia:

CAPELOZZA FILHO, L.; CAPELOZZA, J. A. Z. DIAO: diagrama individual anatômico objetivo. Uma proposta para escolha da forma dos arcos na técnica de Straight-Wire baseada na individualidade anatômica e nos objetivos de tratamento. Rev. Clin. Ortodont. Dental Press, Maringá, v. 3, n. 5, p. 8492, out./nov. 2004

CAPELOZZA FILHO, L. Diagnóstico em Ortodontia. Maringá: Dental Press, 2004. 512p

STREVA AM, COTRIM-FERREIRA FA, GARIB DG, CARVALHO PE. Are torque values of preadjusted brackets precise? J Appl Oral Sci. 2011 19(4):313-7 2011.

SANDLER J, BENSON PE, DOYLE P, MAJUMDER A, O’DWYER J, SPEIGHT P, THIRUVENKATACHARI B, TINSLEY D. Palatal implants are good alternative to headgear: randomized trial. Am J Orthod Dentofacial Orthop. 2008;133(1):51-7.

JANSON, G; VALARELLI, DP; VALARELLI, FP; FREITAS, MR; PINZAN, A. Atypical extraction of maxillary central incisors. Am J Orthod Dentofacial Orthop, 2010, 138 (4):510-17.

NORMANDO, A. D. C.; CAPELOZZA FILHO, L.. Um método para o retratamento da recidiva do desalinhamento dentário. Dental Press Journal of Orthodontics, v.16, p. 48-53, 2011.

REIS, S. A. B.; ABRÃO, J; CLARO, C. A. A.; CAPELOZZA FILHO, L. Avaliação dos fatores determinantes da estética do perfil facial. Dental Press Journal of Orthodontics, v. 16, p. 57-67, 2011.

CAPELOZZA FILHO, L.; CONSOLARO, A.; CARDOSO, M. A. ; SIQUEIRA, D. F. Perfuração do esmalte para o tracionamento de caninos: vantagens, desvantagens, descrição da técnica cirúrgica e biomecânica. Dental Press Journal of Orthodontics, v. 16, p. 172-205, 2011.

Periódicos recomendados:

Americam Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics - http://www.ajodo.org

Journal of Applied Oral Sciences - http://www.fob.usp.br/jaos

Journal of Clinical Orthodontics - http://www.jco-online.com

Dental Press Journal of Orthodontics- http://www.dentalpress.com.br/revista

Journal of Clinical Pediatric Dentistry - http://pediatricdentistry.metapress.com

Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology and Endodontics - http://www.sciencedirect.com/science/journal/10792104

Seminars in Orthodontics - http://www.semortho.com/

Ortho Science: Orthodontic Science and Practice - http://www.orthoscience.com.br/

Revista Clínica de Ortodontia Dental Press - http://www.dentalpress.com.br/revistas/

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

DISCIPLINAS OPTATIVAS ÀS DUAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

CLASSIFICAÇÃO DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS - IES: USC

DISCIPLINAS OPTATIVAS

Docentes responsáveis: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta e Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão

Ementa: Abordagens teórico-metodológicas sobre Qualidade de Vida (QV): modelos, dimensões e indicadores. Saúde Física e QV relacionada à Saúde (QVRS). Avaliação da QV: métodos e técnicas. Análise da QV em estudos epidemiológicos no planejamento e gestão de políticas, programas e serviços e no empoderamento de indivíduos, grupos e comunidades.

REFERÊNCIAS:
FLECK M.P.A. (Org). A avaliação da qualidade de vida: guia para profissionais da saúde. Porto Alegre: Artmed, 2008.

SEIDL, E. M. F.; ZANNON, C. M. L C. Qualidade de vida e saúde: aspectos conceituais e metodológicos. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 20 (2): 580-588, mar-abr, 2004.

Ciconelli RM, Ferraz MB, Santos W, Meinão I, Quaresma MR. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Rev. Bras. Reumatol 1999.

FLECK, M.P.A.; FACHEL, O.; LOUZADA, S.; XAVIER, M.; CHACHAMOVICH, E.; VIEIRA, G.; et al. Desenvolvimento da versão em português do instrumento de avaliação de qualidade de vida da organização mundial da saúde (WHOQOL-100) 1999. Rev Bras Psiquiatr. 1999;21:19-28.

GALVÃO L.A.C.G., FINKELMAN J., HENAO S. Determinantes Ambientais e Sociais da Saúde. Washington, DC: OPAS. 2010.

http://www.scielo.br/revistas/csp/paboutj.htm (Cadernos de Saúde Pública)

http://www.scielo.br/revistas/csc/paboutj.htm (Revista Ciência & Saúde Coletiva)

http://www.scielo.br/revistas/rbepid/paboutj.htm (Revista Brasileira de Epidemiologia)

http://www.scielo.br/revistas/rsp/paboutj.htm (Revista de Saúde Pública)

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docente responsável: Prof.ª Dra. Letícia Carnaz e Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti

Ementa: Estudo das relações entre os fatores de risco ocupacionais e o desenvolvimento de lesões musculoesqueléticas relacionadas ao trabalho no contexto da Política Nacional de Saúde do Trabalhador. Compreensão e discussão da importância, dificuldades e desafios da implantação e desenvolvimento de ações em saúde do trabalhador. Estratégias de avaliação,  implantação, desenvolvimento e consolidação de ações de saúde do trabalhador no âmbito do SUS. Gestão da saúde e segurança ocupacional. Ergonomia e fatores humanos.

Bibliografia:

Dul, J. Ergonomia Prática. 2 ed. São Paulo, Blucher, 2010.

ABRANTES, AF. Atualidades em Ergonomia.2 ed.São Paulo, IMAN, 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador: Manual de Gestão e Gerenciamento. Brasília, 2006.

CERQUEIRA, Jorge Pedreira de. Sistemas de Gestão Integrados: conceitos e aplicações. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2006.

COSTA DIAS, E. Organização da atenção à saúde no trabalho. In: PEREIRA Jr., M. (org.). Saúde do Trabalhador: temas básicos para o profissional que cuida da saúde do Trabalhador. São Paulo: Roca, 2000. p. 3-27.

COSTA, Marco Antonio F. da. Segurança e saúde no trabalho: cidadania, competitividade e produtividade. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

Couto, H. A. – Como Implantar Ergonomia na Empresa. Belo Horizonte, Ergo Editora, 2002

Ferreira Jr., M. (Ed.) - Saúde no Trabalho: Temas Básicos Para o Profissional Que Cuida da Saúde dos Trabalhadores. São Paulo, Roca, 2000

KROEMER, K. H. E. e GRANDJEAN, E. Manual de ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Periódicos recomendados:

Cadernos de Saúde Pública - http://www.ensp.fiocruz.br/csp

Revista Ciência & Saúde Coletiva - http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br

Revista Brasileira de Epidemiologia - http://www.abrasco.org.br/publicacoes

Revista de Saúde Pública - http://www.rsp.fsp.usp.br

Portal saúde - http://www.saude.gov.br

Ministério do trabalho - http://www.anamt.org.br

Previdência Social - http://www.previdenciasocial.gov.br/12.asp

Ministério do trabalho e emprego - http://www.mtb.gov.br/temas/segsau

Applied Ergonomics- http://www.journals.elsevier.com/applied-ergonomics/

Ergonomics- http://www.tandfonline.com

Scandinavian Journal of Occupational Environmental Health- http://www.sjweh.fi/

Critérios de avaliação: apresentação de seminários e/ou avaliação individual e/ou elaboração de artigos científicos e/ou produção técnica nas disciplinas:

  • Área Saúde coletiva: Seminários e Práticas de serviços em Saúde.
  • Área Ortodontia: Pesquisa em Ortodontia e Ortopedia Funcional.

Docentes Responsáveis:
Professor Responsável: Profa. Dra. Rita Luiza Peruquetti
Professor Colaborador: Profa. Dra. Marta Helena De Souza De Conti
 Ementa: Habilidades relativas à biologia, fisiologia reprodutiva e fatores de infertilidade feminina e masculina. Ética, legislação em reprodução humana e atuação de profissionais da saúde nos períodos pré e pós-tratamento. Sexualidade feminina. Enfoque nas situações obstétricas, da concepção ao puerpério. Fertilidade x desejo da maternidade. Programas e ações de políticas públicas relacionadas à fertilidade. Planejamento familiar e qualidade de vida.

 Bibliografia:

1- BARACAT, E. C.; MELO, N. R. Ginecologia baseada em casos clínicos. Barueri, SP: Manole, 2013.
2- BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 426/GM de 22 de março de 2005 e Portaria nº 3.149, de 28 de dezembro de 2012. Portal da Saúde, 2016.
3- PERROTTE, A. Recent advances in germ cells research. New York: Nova Publishers, 2013.

 Periódicos recomendados

1- Biology of Reproduction - http://www.biolreprod.org/
2- Fertility and Sterility - http://www.fertstert.org/
3- Human Fertility - http://informahealthcare.com/huf
4- Human Reproduction - http://www.oxfordjournals.org/our_journals/humrep/about.html
5- Reproduction - http://www.reproduction-online.org/
6- Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia - http://www.rbgo.com.br

Ementa: Práticas pedagógicas em saúde no Brasil, suas análises e as interfaces dos campos de Comunicação e Educação nas práticas de Saúde. Fundamentos de educação em saúde, processo ensino/aprendizagem, equipe multidisciplinar; caracterização da população alvo; metodologias educacionais; modelos que fundamentam as práticas de comunicação e educação em saúde e suas influências nos modelos nas práticas de saúde, com ênfase na atenção primária à saúde.

Bibliografia básica:

1- ALVES, V. Um modelo de educação em saúde para o Programa Saúde da Família: pela integralidade da atenção e reorientação do modelo assistencial. Interface – Comunicação, Saúde, Educação, v. 9, n. 16, p. 39-52, set.2004/fev.2005. ARAUJO, IS. Comunicação e Saúde. In: Martins, CM (org) Educação e Saúde. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz, 2007. BRASIL. 

2-Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação em Saúde. Política nacional de educação permanente em saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2009. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria da Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGTES). 2011 [citado 2011 out 16]. Disponível em: http://www.saude.gov.br/sgtes.

3- MATTELART, A. & MATTELART, M. História das Teorias da Comunicação. 2a ed. São Paulo: Edições Loyola, 1999. CAMPOS, G. W. S. Saúde Paidéia. São Paulo: Hucitec. 2003, 185 páginas.

4- OLIVEIRA, N. L. S. Analisando uma abordagem educativa em Saúde: o caso da oficina do CAISM. Campinas, 2001. [Dissertação de mestrado em Saúde Coletiva, Unicamp/Campinas]

5- OSHIRO, J. H.- Educação para a Saúde nas instituições de Saúde Pública. São Paulo, 1988 [Dissertação de mestrado em Filosofia da Educação, PUC/São Paulo].

6- PEDROSA, J. I. S. Avaliação das práticas educativas em saúde. In: VASCONCELOS, E.M. (org) A Saúde nas palavras e nos gestos: reflexão da rede de Educação Popular. São Paulo, Hucitec, 2001: 261-281.

Periódicos recomendados:

1- Acta Odontologica Scandinavica - http://informahealthcare.com/loi/ode

2- American Journal of Dentistry - http://journalseek.net/cgi-bin/journalseek

3- Cadernos de Saúde Pública - http://www.ensp.fiocruz.br/csp

4- Revista sobre Educação e Saúde da UNESP - www.interface.org.br

5- Escola do Futuro da USP - www.futuro.usp.br

6- Ministério da Educação - www.mec.gov.br

7- Laboratório de Educação em Saúde da FIOCRUZ - www.cpqrr.fiocruz.br/labes

8- Biblioteca Virtual de Educação do MEC - www.bve.cibec.inep.gov.br

9- Secretaria de Estado da Educação de São Paulo - www.educacao.sp.gov.br

10- Núcleo de Estudos Locais em Saúde - www.ead.fiocruz.br/elos

11- Organização Pan-Americana da Saúde - www.opas.org.br

12- Centro de estudos, Pesquisa e Documentação em Cidades Saudáveis - www.cidadessaudaveis.org.br

Docente responsável: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

Ementa: Estimular a compreensão dos protocolos terapêuticos em Ortodontia, com ênfase as evidências cientificas e clínicas que permitem sua construção, seja para procedimentos diagnósticos, para terapêutica de problemas específicos ou determinação do posicionamento dentário normal. A evolução tecnológica na área de imagem, tem imprimido mudanças diagnósticas e melhorado a compreensão de resultados obtidos, enquanto na área de materiais tem ampliado as possibilidades terapêuticas, principalmente no controle de movimentos e efeitos ortopédicos. Revisar esse processo é a base para a prática de uma Ortodontia com base em evidência.

Bibliografia:

ACKERMAN, M. B.; MCRAE, M. S.; LONGLEY, W. H Microsensor technology to help monitor removable appliance wear. Am J Orthod Dentofacial Orthop, v. 135, n. 4, p. 549-51, Apr. 2009.

KAU, C. H.;BOÅIÄ, M.; ENGLISH, J.; LEE, R.; BUSSA, H.; ELLIS, R. K. Cone-beam computed tomography of the maxillofacial region-an update. Int J Med Robot, v. 5, n. 4, p. 366-380, Dec. 2009.

Chen, S.S.H; Greenlee, G.M.; Kim, J.E; Smith, C.L.; Huang, G.J. Systematic review of self-ligating brackets. Am J Orthod Dentofacial Orthop, v. 137, p. 726.e1-726.e18, June. 2010.

SANTIAGO, R. C.; DE PAULA, F. O.; FRAGA, M. R.; PICORELLI ASSIS, N. M.; VITRAL, R. W. Correlation between miniscrew stability and bone mineral density in orthodontic patients. Am J Orthod Dentofacial Orthop, v. 136, n. 2, p. 243-250, Aug. 2009

THICKETT, E.; COBOURNE, M. T. New developments in tooth whitening. The current status of external bleaching in orthodontics. J Orthod, v. 36, n.3, p. 194-201, Sep. 2009.

THIRUVENKATACHARI, B.; AL-ABDALLAH, M.; AKRAM, N. C.; SANDLER, J.; O'BRIEN, K. Measuring 3-dimensional tooth movement with a 3-dimensional surface laser scanner. Am J Orthod Dentofacial Orthop, v. 135, n. 4, p.480-485, Apr. 2009.

WEISNER, S. M. Treatment of a skeletal Class III malocclusion with mandibular asymmetry using a single miniscrew. J Clin Orthod, v. 43, n.5, p. 335-341, May 2009.

WILCKO, M. T.; WILCKO, W. M.; PULVER, J. J.; BISSADA, N. F.; BOUQUOT, J. E. Accelerated osteogenic orthodontics technique: a 1-stage surgically facilitated rapid orthodontic technique with alveolar augmentation. J Oral Maxillofac Surg, v. 67, n.10, p. 2149-2159, Oct. 2009.

Cattaneo, PM.; Treccani, M.; Carlsson, K.; Thorgeirsson, T.; Myrda, A.; Cevidanes, LHS.; Melsen, B. Transversal maxillary dento-alveolar changes in patients treated with active and passive self-ligating brackets: a randomized clinical trial using CBCT-scans and digital models. Orthodontics & Craniofacial Research, v.14, p.222-232. August. 2011.

Keith, D.J.; Rinchuse, D.J. Kennedy, M.; Zullo, T. Effect of text message follow-up on patient’s self-reported level of pain and anxiety. Angle Orthod. v.83, n.4, 605–610, 2013.

De Clerk HJ. Orthopedic traction of the maxila with miniplates: a new perspective for treatment of midface deficiency. J Oral Maxillofac Surg. 2009 Oct;67 (10):2123-9

Lee, K J, Park Y C, Park J Y, Hwang W S. Miniscrew-assisted nonsurgical palatal expansion before orthognathic surgery for a patient with severe mandibular prognathism. Am J Orthod Dentofacial Orthop 2010; 137:830-9

Angilieri F, Cevidanes LHS, Franchi L, Gonçalves JR, Benavides E, Mc Namara Jr J. Midpalatal suture maturation: Classification method for individual assessment before rapid maxillary expansion. Am J Orthod Dentofacial Orthop 2013; 144: 759-69 .




Documentos de Interesse




Egressos

Thaiana Degelo Vinha
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Efetividade da contrarreferência entre a unidade básica de saúde e o centro regional de especialidade odontológica
Orientador: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria.

Lucas Estambassi Silva
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação tridimensional do suporte ósseo de dentes posteriores mesializados sobre áreas edêntulas
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli.

Milena Carolina Silva Castro Oliveira
Formação: Nutrição
Dissertação de Mestrado: Qualidade de vida relacionada à saúde e sua associação com excesso de peso de escolares
Orientador: Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli De Almeida Penteado Simeao

Lidia Regina Costalino
Formação: Enfermagem
Dissertação de Mestrado: Repercussões do tipo de aleitamento sobre aspectos maternos e condições de saúde de crianças em fase de amamentação
Orientador: Prof.ª Dra. Marta Helena Souza de Conti.

Manuel Gustavo Chavez Sevillano
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação Do Grau De Ossificação Da Sutura Palatina Mediana Em Crianças E Adultos
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli

  

Diego Luiz Tonello
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Maturação da sutura palatina mediana em indivíduos de 11 a 15 anos: um estudo tomográfico
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho. 

  

Claudia Akemi Nacamura
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Perfil dos indivíduos com síndrome de down de um centro de especialidades odontológicas em um município de São Paulo
Orientador: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

  

Eliana De Cassia Molina
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação subjetiva do perfil facial em pacientes tratados com aparelho de protração mandibular: perspectiva de ortodontistas e leigos
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

  

Delanye Lopes Barrozo
Formação: Nutrição
Dissertação de Mestrado: Avaliação de parâmetros nutricionais e clínicos como fatores de risco para hipertensão arterial
Orientador: Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti 

  

Patricia Lopes Milanesi Camargo Penteado
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Sorriso teen: desenvolvimento de aplicativo mobile como estratégia de orientação em saúde bucal para jovens e adolescentes
Orientador: Prof.ª Dra. Melissa Thiemi Kato

  

Cristiane Berriel Joaquim Bergamini
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Estudo comparativo da prevalência de cárie em pré-escolares de instituições de ensino da rede pública com e sem assistência odontológica, do município de Bauru-SP
Orientador: Prof.ª Dra. Melissa Thiemi Kato

  

Luciana Lindolpho Cremonesi
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Mordida aberta pelo uso prolongado da chupeta: educar para prevenir
Orientador: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

  

Celia Maria Mamoni Rosseto
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Prevalência da mordida aberta anterior causada por hábitos deletérios de sucção em crianças de cinco anos de idade
Orientador: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin

  

Soraya Milleo Bonfante
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde bucal em pacientes portadores de reabilitações implanto-suportadas totais
Orientador: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria

  

Thais Benica Aredes
Formação: Fisioterapia
Dissertação de Mestrado: Caracterização dos fatores de risco biomecânicos, individuais e psicossociais em trabalhadores de uma empresa de manutenção de automóveis
Orientador: Prof.ª Dra. Letícia Carnaz

  

Adriano Garcia Bandeca
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Estudo retrospectivo dos fatores de riscos associados à falha de mini-implantes utilizados para ancoragem ortodôntica
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli

  

Josenira Borges Dias
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação da angulação das coroas dentárias em más oclusões de classe iii, por meio de modelos digitais
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

  

Rafael Jurca Da Silva
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação facial subjetiva em norma frontal de individuos amarelos, adultos jovens, face normal
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

  

Guilherme Milanese Capelozza
Dissertação de Mestrado: Avaliação da inclinação das coroas dentárias em más oclusões de classe iii, por meio de modelos digitais
Orientador: Prof. Dr. Mauricio Cardoso de Almeida

  

Ricardo Vieira Pinto
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação tomográfica do comprimento radicular dos incisivos ao final do alinhamento e nivelamento com braquetes autoligáveis: estudo prospectivo
Orientador: Prof. Dr. Mauricio Cardoso de Almeida

  

Cristina De Almeida Paschotto Pezzo Marin
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Comparação das alterações dentoalveolares e tegumentares do tratamento da má oclusão de classe ii por meio de elásticos intermaxilares sem e com extração de 2 pré-molares superiores
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli.

  

Raquel De Andrade Luz
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação cefalométrica das alterações tegumentares em pacientes classe ii tratados com aparelho de protração mandibular
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin.

  

Vanessa De Couto Nascimento
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Pacientes adultos com necessidade de reabilitação
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin.

  

Daniel Gustavo Giaretta Fangueiro
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação dos efeitos pós-cirúrgicos na perda de inserção óssea e radicular dos dentes anteriores, no tratamento descompensatório-cirúrgico das más oclusões do padrão face longa
Orientador: Prof. Dr. Mauricio Cardoso de Almeida

  

Andrea Reis De Melo
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação da agradabilidade facial em indivíduos negros por meio da análise facial subjetiva
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

  

Patricia Fabiola Lizarelli Bento
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Análise imaginológica das estruturas de suporte dentário após a expansão rápida da maxila em crianças em longo prazo
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Cristina Faria Ribeiro de Castro

  

Crysthyano Ferrarezi Rodrigues
Formação: Fisioterapia
Dissertação de Mestrado: Avaliação da capacidade funcional e do equilíbrio postural em idosos com e sem histórico de quedas
Orientador: Prof. Dr. Ruy Laurenti

  

Sabrina Maria David
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Estatísticas de morbidades de um hospital filantrópico da cidade de ourinhos/sp
Orientador: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria

  

Fernando Kleinubing Rhoden
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação das inclinações dentárias de casos tratados com braquetes autoligáveis por meio da tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC)
Orientador: Prof. Dr. Mauricio Cardoso de Almeida

  

Aldir Da Silva Cordeiro
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação em longo prazo do comprimento radicular e nível de inserção óssea de caninos tracionados e dentes adjacentes.
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

  

Anderson Capistrano Campos Dos Santos
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Padrão Morfológico Facial e a Apneia Obstrutiva do Sono
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues Almeida Pedrin.

  

Renata Furquim Moura
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Verticalização de molares inferiores com auxílio de mini-implantes como ancoragem
Orientador: Prof. Dr. Danilo Pinelli Valarelli.

  

Elaine Cristina Alves Araujo
Formação: Nutrição
Dissertação de Mestrado: Qualidade de vida de funcionários de uma empresa de acumuladores elétricos chumbo-ácido do interior de são paulo
Orientador: Prof.ª Dra. Marta Helena De Souza De Conti

Leonardo Rocha Mendes Campos
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Proposta de novo desenho para fixações zigomáticas
Orientador: Prof. Dr. Paulo Domingos Ribeiro Junior

  

Daiza Catarina Aued
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Tratamento precoce com expansão maxilar e máscara facial: sucesso ou insucesso?
Orientador: Prof. Dr. Danilo Furquim Siqueira

  

Luiz Henrique Gomes
Formação: Enfermagem
Dissertação de Mestrado: Capacidade Funcional De Indivíduos Com Osteoartrite De Joelho
Orientador: Prof.ª Dra. Marcia Aparecida Nuevo Gatti

  

Marcus Vinicius Flores Soares
Dissertação de Mestrado: Nível de flexibilidade da coluna lombar e a relação com atividade física, sedentarismo, dor e estado nutricional em escolares
Formação: Fisioterapia
Orientador: Prof.ª Dra. Marta Helena Souza de Conti

  

Ariella Azevedo Ribeiro
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Graduação em Conhecimento de alunos concluintes de pedagogia sobre saúde bucal
Orientador: Prof.ª Dra. Jéssica Lemos Gulinelli

  

Rodrigo Comparin
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Efeitos do tratamento da má oclusão de classe II por deficiência mandibular após uso do propulsor mandibular de Herbst e aparelho corretivo fixo
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Cristina Faria de Ribeiro Castro

  

Sergio Luiz De Azevedo Silva
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação Da Inclinação Dentária Em Indivíduos Portadores De Má Oclusão Do Padrão Ii Deficiência Mandibular
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

  

Camila Matos Santiago Reis
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Anomalias Dentárias Associadas Às Agenesias Dos Incisivos E Pré-Molares
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

  

Larissa Yoko Sato
Formação: Fisioterapia
Dissertação de Mestrado: Perfil antropométrico e exames bioquímicos de funcionários de uma empresa de acumuladores elétricos chumbo-ácido.
Orientador: Prof.ª Dra. Marta Helena Souza de Conti

Izabela Damasceno E Souza
Formação: Fisioterapia
Dissertação de Mestrado: Comparação Da Qualidade De Vida Entre Idosos Acometidos Por Dor Lombar E Não Acometidos
Orientador: Prof.ª Dra. Marcia Aparecida Nuevo Gatti

  

Ronaldo Reis De Castro Rego
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Prevalência De Anomalias Dentárias Em Uma Clínica Particular De Ortodontia Na Cidade De Garça-Sp
Orientador: Prof. Dr. Mauricio de Almeida Cardoso

  

Douglas Rezende Bastos
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Epidemiologia Do Padrão Face Curta Em Escolares Do Ensino Fundamental Do Município De Bauru –Sp
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues De Almeida Pedrin

  

Luiza Nayara Almeida Lyra
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Estudo transversal das alterações provocadas pelo envelhecimento no sorriso de mulheres brasileiras
Orientador: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues De Almeida Pedrin

  

Daniele Nobrega Nardoni
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Variáveis cefalométricas preditoras do sucesso do tratamento interceptivo com expansão rápida da maxila e máscara facial. Estudo longitudinal e retrospectivo.
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

  

Jose Antonio Zuega Cappellozza
Formação: Odontologia.
Dissertação de Mestrado: Avaliação tomográfica longitudinal prospectiva pré e pós – descompensação ortodôntica em pacientes do padrão iii cirúrgicos
Orientador: Prof. Dr. Mauricio de Almeida Cardoso

  

Leanne Matias Portela Leal
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Alterações no perfil tegumentar decorrentes do tratamento da classe ii esquelética com o aparelho de protração mandibular
Orientador: Prof. Dr. Danilo Furquim Siqueira

  

Elisa Teixeira Marinho
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Impacto facial produzido pelo aparelho herbst no tratamento das más oclusões de classe ii, padrão ii – deficiência mandibular
Orientador: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho.

  

Ana Lurdes Conte Acunha Goncalves
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Efeitos do aparelho de protrusão mandibular flf na face: análise pelo método de farkas modificado
Orientador: Prof. Dr. Danilo Furquim Siqueira

  

Marcela Ferreira Trindade
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: A informação do profissional odontólogo sobre processamento de artigos odontológicos
Orientador: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

  

Fabio Pinto Guedes
Formação: Odontologia
Dissertação de Mestrado: Avaliação da perda de inserção óssea e radicular dos dentes anteriores no tratamento descompensatório das más oclusões do padrão III
Orientador: Prof. Dr. Mauricio de Almeida Cardoso

  



Calendário de qualificações e defesas

Nome: SIMONE MARIA MASSUD LEONE
Fase: QUALIFICAÇÃO
Nível: MESTRADO
Programa: ODONTOLOGIA
Área: ORTODONTIA
Orientador: Prof.ª Dra. RENATA RODRIGUES DE ALMEIDA PEDRIN
Banca: Prof.ª Dra. ANA CLAUDIA DE CASTRO FERREIRA CONTI, Prof.ª Dra. SARA NADER MARTA
Título: A INFLUÊNCIA DAS MENSAGENS DE TEXTO NA EFETIVIDADE DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO COM O USO DE ELÁSTICOS INTERMAXILARES.
Data, horário e local: 11/09 - 10h - L-003

Nome: ANA PAULA DE TOLEDO AFONSO
Fase: QUALIFICAÇÃO
Nível: MESTRADO
Programa: ODONTOLOGIA
Área: SAÚDE COLETIVA
Orientador: Prof.ª Dra. MARCIA APARECIDA NUEVO GATTI
Banca: Prof.ª Dra. SANDRA FIORELLI DE ALMEIDA PENTEADO SIMEÃO, Prof.ª Dra. MÔNICA PERRI KOHL GREGHI
Título: TÉCNICA DA CAIXA DE AREIA: EFEITOS DA PSICOTERAPIA BREVE EM MULHERES COM SINTOMAS DEPRESSIVOS.
Data, horário e local: 26/09 - 09h - L-003




Aluno em Regime Especial

  • Poderão ser aceitos, na categoria de alunos especiais não vinculados a Programas de Pós-Graduação, portadores de diploma universitário ou certificado de conclusão de Graduação que desejem cursar disciplinas especificamente escolhidas;
  • O aluno especial não vinculado ao Programa de Pós-Graduação, no que couber, ficará sujeito às mesmas normas do aluno regular, sendo sua admissão condicionada à existência de vaga na (s) disciplina (s) que pretenda cursar;
  •  Ao aluno especial, não vinculado ao Programa de Pós-Graduação, aprovado em disciplina (s), será conferido certificado de aprovação;
  • No caso de o aluno especial não vinculado ao Programa de Pós-Graduação desejar passar à condição de aluno regular, deverá submeter-se às exigências de seleção inicial;
  • O número de vagas para alunos especiais nas disciplinas do Programa poderá ser, no máximo, 100% das vagas dos alunos regulares matriculados na disciplina;
  • O aluno especial poderá cursar, no máximo, 50% do total das disciplinas do programa;
  • O valor a ser pago irá depender da carga horária total a ser cursada, podendo ser parcelada no número de meses em que ocorrem a(s) disciplina(s).

Documentos exigidos:

  • Requerimento com a solicitação da disciplina que deseja cursar: Clique aqui
  • Cópia da carteira de identidade;
  • Cópia do CPF;
  • Cópia do diploma de Graduação;
  • 01 fotografia ¾ recente.



Cronogramas das Aulas

DISCIPLINAS 1° SEMESTRE DE 2017 - DIURNO

ÁREA DE SAÚDE COLETIVA - MESTRADO

Fevereiro – 13 a 17
Março – 13 a 17
Abril – 3 a 8
Maio – 15 a 19
Junho – 5 a 9

13 de Fevereiro
Manhã: Práticas em Serviços de Saúde
Tarde: Métodos Técnicas
Noite: Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

14 de Fevereiro
Manhã: Políticas públicas e Gestão em Saúde
Tarde: Epidemiologia (Marcela, Marcia)
Noite: Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

15 de Fevereiro
Manhã: 
Epidemiologia (Marcela, Marcia)
Tarde: Orientação
Noite: Práticas em Serviços de Saúde

16 de Fevereiro
Manhã: Bioestatística (Solange e Sandra)
Tarde: Políticas públicas e Gestão em Saúde
Noite: Orientação

17 de Fevereiro
Manhã: Bioestatística (Solange e Sandra)
Tarde: Métodos Técnicas

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS AS DUAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

Bioestatística
Metodologia em Pesquisa Científica

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS A ÁREA DE CONCENTRAÇÃO SAÚDE COLETIVA

Epidemiologia
Políticas públicas e Gestão em Saúde
Práticas em Serviços de Saúde

DISCIPLINAS OPTATIVAS

Qualidade de Vida: Aspectos Conceituais e Instrumentos para Avaliação
Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade




DISCIPLINAS 1° SEMESTRE DE 2017 - NOTURNO

ÁREA DE SAÚDE COLETIVA - MESTRADO

13 de Fevereiro

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

14 de Fevereiro

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

20 de Fevereiro

  • Práticas em Serviços de Saúde

21 de Fevereiro

  • Práticas em Serviços de Saúde

6 de Março

  • Bioestatística

7 de Março

  • Bioestatística

13 de Março

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

14 de Março

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

27 de Março

  • Práticas em Serviços de Saúde

28 de Março

  • Práticas em Serviços de Saúde

3 de Abril

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade 

4 de Abril

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

17 de Abril

  • Bioestatística

18 de Abril

  • Bioestatística

24 de Abril

  • Práticas em Serviços de Saúde

25 de Abril

  • Práticas em Serviços de Saúde

8 de Maio

  • Bioestatística

9 de Maio

  • Bioestatística

15 de Maio

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

16 de Maio

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

29 de Maio

  • Práticas em Serviços de Saúde 

30 de Maio

  • Práticas em Serviços de Saúde

5 de Junho

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

6 de Junho

  • Aspectos Básicos da Determinação da Fertilidade

12 de Junho

  • Bioestatística

13 de Junho

  • Bioestatística

26 de Junho

  • Práticas em Serviços de Saúde

27 de Junho

  • Práticas em Serviços de Saúde




DISCIPLINAS 2° SEMESTRE DE 2017 - DIURNO

ÁREA DE SAÚDE COLETIVA - MESTRADO

Agosto – 14 a 18
Setembro – 11 a 15
Outubro – 16 a 20
Novembro – 6 a 10
Dezembro – 4 a 8

14 de Agosto
Manhã: Saúde do Trabalhador (Letícia)
Tarde: Saúde do Trabalhador (Letícia)
Noite: Orientação

15 de Agosto
Manhã: Seminários (Marcela, Sandra)
Tarde: Promoção da Saúde (Márcia, Marcos)
Noite: Orientação

16 de Agosto
Manhã: Promoção da Saúde (Márcia, Marcos)

Tarde: Seminários (Marcela, Sandra)
Noite: Orientação

17 de Agosto
Manhã: Prática Docente (Sara)
Tarde: Redação de artigo científico (Rita)
Noite: Orientação

18 de Agosto
Manhã: 
Prática Docente (Sara, )
Tarde: Redação de artigo científico (Rita)

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS AS DUAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

Redação de artigo científico
Prática Docente

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS A ÁREA DE CONCENTRAÇÃO SAÚDE COLETIVA

Seminários
Promoção da Saúde

DISCIPLINAS OPTATIVAS

Educação, Comunicação e Saúde
Saúde do Trabalhador




DISCIPLINAS 2° SEMESTRE DE 2017 - NOTURNO TURMA 2016 e 2017

ÁREA DE SAÚDE COLETIVA - MESTRADO

7 de Agosto

  • Seminários

8 de Agosto

  • Epidemiologia

21 de Agosto

  • Seminários

22 de Agosto

  • Epidemiologia

28 de Agosto

  • Saúde do trabalhador

29 de Agosto

  • Saúde do trabalhador

4 de Setembro

  • Seminários

5 de Setembro

  • Epidemiologia

18 de Setembro

  • Seminários

19 de Setembro

  • Epidemiologia

25 de Setembro

  • Saúde do trabalhador

26 de Setembro

  • Saúde do trabalhador

2 de Outubro

  • Seminários 

3 de Outubro

  • Epidemiologia

23 de Outubro

  • Seminários

24 de Outubro

  • Epidemiologia

30 de Outubro

  • Saúde do trabalhador

31 de Outubro

  • Saúde do trabalhador

6 de Novembro

  • Seminários 

7 de Novembro

  • Epidemiologia

20 de Novembro

  • Seminários

21 de Novembro

  • Epidemiologia

27 de Novembro

  • Saúde do trabalhador

28 de Novembro

  • Saúde do trabalhador

4 de Dezembro

  • Seminários 

5 de Dezembro

  • Epidemiologia

11 de Dezembro

  • Seminários

... de Dezembro

  • Epidemiologia

12 de Dezembro

  • Saúde do trabalhador

... de Dezembro

  • Saúde do trabalhador

2º 2017 –

Seminários
Epidemiologia

1 optativa

Saúde do trabalhador




DISCIPLINAS 1° SEMESTRE DE 2017 - NOTURNO TURMA 2017

ÁREA DE SAÚDE COLETIVA - MESTRADO

7 de Agosto

  • Seminários

8 de Agosto

  • Seminários

21 de Agosto

  • Epidemiologia

22 de Agosto

  • Epidemiologia

28 de Agosto

  • Saúde do trabalhador

29 de Agosto

  • Saúde do trabalhador

4 de Setembro

  • Seminários

5 de Setembro

  • Seminários

18 de Setembro

  • Epidemiologia

19 de Setembro

  • Epidemiologia

25 de Setembro

  • Saúde do trabalhador

26 de Setembro

  • Saúde do trabalhador

2 de Outubro

  • Seminários 

3 de Outubro

  • Seminários

23 de Outubro

  • Epidemiologia

24 de Outubro

  • Epidemiologia

30 de Outubro

  • Saúde do trabalhador

31 de Outubro

  • Saúde do trabalhador

6 de Novembro

  • Seminários 

7 de Novembro

  • Seminários

20 de Novembro

  • Epidemiologia

21 de Novembro

  • Epidemiologia

27 de Novembro

  • Saúde do trabalhador

28 de Novembro

  • Saúde do trabalhador

 4 de Dezembro

  • Seminários 

5 de Dezembro

  • Seminários

11 de Dezembro

  • Epidemiologia

... de Dezembro

  • Epidemiologia

12 de Dezembro

  • Saúde do trabalhador

... de Dezembro

  • Saúde do trabalhador

1º semestre de 2017 –

Metodologia da Pesquisa Científica
Práticas em Serviços de Saúde
Bioestatística

2º 2017 –

Seminários
Epidemiologia

1 optativa

Saúde do trabalhador

DISCIPLINAS 1° SEMESTRE DE 2017

Fevereiro: 13 a 17
Março: 13 a 17
Abril: 3 a 7
Maio: 15 a 19
Junho: 5 a 9

TURMA AGOSTO DE 2016 E FEVEREIRO DE 2017

Segunda-feira

Manhã: OR
Tarde: MTP
Noite: PTO

Terça-feira

Manhã: OR
Tarde: OPI

Quarta-feira

Manhã: TO
Tarde: TO
Noite: PTO

Quinta-feira

Manhã: BIOest
Tarde: AD

Sexta-feira

Manhã: BIOest
Tarde: MTP

Obrigatórias

MTP – Métodos e Técnicas da Pesquisa Científica
BIOest – Bioestatística

Específicas

OPI – Ortodontia Preventiva e Inteceptadora
TO – Terapêutica Ortodontica- clínica
AD – Anomalias Dentárias
OR – Reunião com orientador

Optativas

PTO – Protocolos terapêuticos em Ortodontia: conceito e evolução

TURMA FEVEREIRO DE 2016

Segunda-feira

Manhã: OR
Tarde: Lab Orto

Terça-feira

Manhã: AAO
Tarde: AAO

Quarta-feira

Manhã: TO
Tarde: TO

Quinta-feira

Manhã: OR
Tarde: OR

Sexta-feira

Manhã: OR
Tarde: OR

Específica

TO- Atividades Pesquisa e Dissertação– Terapêutica Ortodôntica- clínica
OR – Reunião com orientador

Optativas

AAO – Ancoragem Absoluta em Ortodontia

TURMA AGOSTO DE 2015

Segunda-feira

Manhã: OR
Tarde: Lab Orto

Terça-feira

Manhã: OR
Tarde: OR

Quarta-feira

Manhã: TO
Tarde: TO

Específica

TO- Atividades Pesquisa e Dissertação– Terapêutica Ortodôntica- clínica

DISCIPLINAS 2° SEMESTRE DE 2017

Agosto: 14 a 18
Setembro: 11 a 15
Outubro: 16 a 20
Novembro: 6 a 10
Dezembro: 4 a 8

TURMA FEVEREIRO E AGOSTO DE 2017

Segunda-feira

Manhã: Lab. Grad OR
Tarde: OR
Noite: OCC

Terça-feira

Manhã: OF
Tarde: OF

Quarta-feira

Manhã: TO
Tarde: TO
Noite: OCC

Quinta-feira

Manhã: PD
Tarde: RAC

Sexta-feira

Manhã: PD
Tarde: RAC

Obrigatórias

RAC – Redação artigo cientifico
PD - Prática Docente

Específicas

OF – Ortopedia Facial
TO – Terapêutica Ortodôntica- clínica
OCC – Ortodontia Convencional e Contemporânea
OR – Reunião com orientador

TURMA AGOSTO DE 2016

Segunda-feira

Manhã: OR
Tarde: OR

Terça-feira

Manhã: AAO
Tarde: AAO

Quarta-feira

Manhã: TO
Tarde: TO

Específica

TO- Atividades Pesquisa e Dissertação– Terapêutica Ortodôntica- clínica

Optativas

AAO – Ancoragem Absoluta em Ortodontia
OR – Reunião com orientador

TURMA FEVEREIRO DE 2016

Segunda-feira

Manhã: Lab. Grad OR
Tarde: OR

Terça-feira

Manhã: OR
Tarde: OR

Quarta-feira

Manhã: TO
Tarde: TO

Específica

TO- Atividades Pesquisa e Dissertação– Terapêutica Ortodôntica- clínica
OR – Reunião com orientador




Prova de Proficiência

A aprovação do pós-graduando em prova de proficiência na língua inglesa é exigida para os Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu da USC. Os candidatos que já possuírem comprovante de proficiência em língua inglesa como o TOEFL (mínimo 390 pontos), TOEIC (mínimo 700 pontos), IELTS (mínimo 5,0 pontos), MICHIGAN, IBT, TEAP (mínimo 60%) e FCE, desde que a prova tenha sido realizada nos últimos cinco anos, deverão apresentá-lo para possível dispensa desta etapa do processo seletivo.




Apoio FAPESP

Atribuições

    • Esclarecer dúvidas sobre bolsas e auxílios oferecidos por esta agência de fomento;
    • Auxiliar no preenchimento do seu Currículo Lattes.

FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo  – 

Horário de Funcionamento: De Segunda-feira à Quinta-feira das 08h às 12h e das 13h às 18h. Sexta-Feira: 08h às 12h e das 13h às 17h. Telefone: (0**14) 2107-7096

Local: Piso superior da Biblioteca Cor Jesu




Projetos de Pesquisa

Linha de Pesquisa 1 - Ações de Saúde e Qualidade de Vida

Área de Concentração Saúde Coletiva

Descrição: Realizar trabalhos que procurem elucidar mecanismos pelos quais o relógio biológico molecular endógeno regula os aspectos metabólicos e reprodutivos dos organismos, por meio de experimentos in vitro e in vivo.

Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti - Currículo Lattes

Descrição: Fatores organizacionais e biomecânicos estão entre as principais causas de alterações musculoesqueléticas. Essas alterações têm como consequências: o aumento no número de faltas e afastamentos do trabalho, o uso aumentado de medicamentos e procura por serviços médicos, a redução da qualidade de vida e do serviço prestados pelos trabalhadores acometidos. Além desses prejuízos, também geram sobrecarga ao sistema previdenciário devido aos custos gerados pelos afastamentos do trabalho e aposentadorias precoces. Assim, os objetivos do presente projeto de pesquisa são 1. Avaliar fatores de risco físico e organizacionais presentes no ambiente de trabalho; 2. Identificar e explorar fatores causais relacionados aos principais sintomas musculoesqueléticos apresentados por trabalhadores em diferentes atividades ocupacionais. 3. Avaliar a capacidade para o trabalho entre trabalhadores de diferentes faixas etárias 4. Avaliar o efeito de intervenções preventivas sobre sintomas dolorosos; 5. Identificar ferramentas (escalas, questionários) que auxiliem a avaliação de intervenções conduzidas em ambiente ocupacional e propor a tradução, adaptação transcultural e validação de instrumentos ainda não disponíveis para trabalhadores brasileiros.

Prof.ª Dra. Letícia Carnaz - Currículo Lattes

Descrição: Propõe-se estudar doenças desassistidas, em particular a hanseníase, no que tange aspectos amplos de sua epidemiologia, políticas de saúde, prevenção e tratamento, abordando esta doença do ponto de vista de várias área, como a odontologia, a anatomia, patologia e outros aspectos de interesse para melhor compreender sua história natural e seu controle.

Prof. Dr. Marcos da Cunha Lopes Virmond - Currículo Lattes

Descrição: Este projeto tem por objetivo avaliar o nível de conhecimento/informação dos diversos segmentos da sociedade sobre a importância da saúde e sua interferência na qualidade de vida das pessoas.

Prof.ª Dra. Marcela Pagani CalabriaCurrículo Lattes

Descrição: Identificar, analisar e controlar os fatores de risco associados ao desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis, por meio de avaliações subjetivas e objetivas, com especial relevância para as ações relacionadas à saúde comunitária.

Prof.ª Dra. Leticia Carnaz - Currículo Lattes

Descrição: O termo “qualidade de vida” surgiu com a função de diferenciar o antigo conceito de saúde, que se baseava apenas no componente quantidade de anos vividos (longevidade), do atual e mais completo conceito, que inclui a componente qualidade de anos vividos. Assim, objetiva-se abordar o conceito e importância da qualidade de vida nos diversos grupos, pesquisar instrumentos existentes para a sua mensuração e abordagem estatística e, ainda, refletir sobre a aplicabilidade na realidade dos grupos pesquisados.

Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão - Currículo Lattes

Descrição: Estudar e avaliar os programas e ações de saúde sob o ponto de vista da melhoria da qualidade de vida dos seus usuários e profissionais do sistema de saúde, avaliando desde o grau de satisfação com os programas propostos até o comportamento de índices indicativos de saúde.

Prof.ª Dra. Sara Nader Marta - Currículo Lattes

Descrição: Estudar o binômio mãe-filho por meio de prontuários/entrevistas com gestantes internadas em maternidades de Bauru, investigando a morbidade materna, as características do produto e da gestação. Informações adicionais: Trata-se de um subprojeto da pesquisa “O estudo do binômio mãe-filho: uma imperiosa necessidade para atingir os objetivos do milênio” financiado pela FAPESP-USP (Edital pesquisa para o SUS/2009 - Proc. 2009/53253-8), sob a responsabilidade do Prof. Dr. Ruy Laurenti.

Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti Currículo Lattes

Descrição: No atendimento odontológico às crianças, oferecido pelas disciplinas de Odontopediatria e Estágio Supervisionado em Clínica Integrada Infantil, são detectadas manifestações bucais, associadas ou não às doenças genéticas, às crônicas e às agudas. Desta maneira, este projeto tem como principal objetivo investigar, diagnosticar, tratar, acompanhar e registrar estas manifestações.

Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin - Currículo Lattes

Descrição: O estudo tem como objetivo promover um programa de educação na saúde na gestação, parto e maternidade e investigar a qualidade de vida das mulheres, relacionado a determinantes de morbidades, após a intervenção de equipe interdisciplinar.

Prof.ª. Dra. Marta Helena Souza de ContiCurrículo Lattes

Descrição: Realização de curativos mediante protocolo sistematizado para atendimento, sendo o paciente avaliado por uma equipe multi e interdisciplinar, buscando planejar os cuidados adequados, propondo tratamento e reabilitação da integridade cutânea, utilizando técnicas apropriadas e especializadas de curativos, adotando uma abordagem holística. Informações adicionais: Trata-se de um subprojeto da pesquisa “TRATAMENTO DE ÚLCERAS VENOSAS COM O SELANTE DE FIBRINA DERIVADO DE VENENO DE SERPENTE” financiado pela FAPESP-USP, sob a responsabilidade do Prof. Dr. BENEDITO BARRAVIERA, com financiamento de 4,45 milhões de reais, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A pesquisa faz parte do projeto do Ministério da Saúde de identificar produtos estratégicos, de tecnologia nacional, que tenham potencial para uso no Sistema Único de Saúde (SUS).

Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti Currículo Lattes

Descrição:  Este projeto tem por objetivo avaliar a qualidade de materiais utilizados para os diversos tipos de restaurações odontológicas. A diversidade destes oferecidos pelo mercado torna necessária a avaliação e conhecimento dos mesmos, uma vez que o erro nas suas indicações pelo profissional pode levar a várias trocas desnecessárias das restaurações e desgaste dos dentes do paciente, acarretando em perda precoce de estrutura e, muitas vezes, do próprio dente, interferindo na qualidade de vida dos pacientes.

Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria - Currículo Lattes

Linha de Pesquisa 2 - Identificação, Diagnóstico e Intervenções das Alterações Bucofaciais

Área de concentração Ortodontia

Descrição: as agenesias parecem ser a segunda grande necessidade odontológica dos pacientes que procuram tratamento ortodôntico. Pesquisas atuais definem o caráter genético dessas ocorrências, incluindo prevalência entre familiares. Nesse contexto, reavaliar a prevalência das agenesias em pacientes ortodônticos parece necessário para dar subsídios para tratamentos ortodônticos mais consistentes e, especialmente, a compreensão do importante papel das anomalias dentárias (disgenesias) como fator etiológico das más oclusões para estabelecer bases para orientação dos familiares em um adequado exemplo de prevenção e interceptação em Ortodontia.

Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho Currículo Lattes

Descrição: Na movimentação ortodôntica, o controle de ancoragem sempre apresentou um grande desafio para os ortodontistas, uma vez que para a realização de determinados movimentos existe a dependência de outros dentes de apoio. Nesse momento, os dentes que são utilizados como ancoragem, mesmo que em número maior, acabam sofrendo alteração de sua posição inicial, ocasionando efeitos colaterais indesejáveis. Para evitar os efeitos colaterais como a perda de ancoragem, pode-se utilizar alguns dispositivos ortodônticos de ancoragem temporária. Sendo assim, movimentos específicos como retração dentária, verticalização de molares, intrusão e distalização são realizados com total previsibilidade e sucesso. Neste contexto, objetiva-se pesquisar os efeitos dos diferentes tipos de movimentações dentárias, associando os aparelhos ortodônticos aos mini-implantes.

Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin Currículo Lattes

Descrição: Dentre os diversos protocolos de tratamento indicados para pacientes desde a dentadura decídua até a permanente se destacam os aparelhos ortopédicos para correção das más oclusões de Classe II e III em pacientes em crescimento e o tratamento ortodôntico corretivo para pacientes na dentadura permanente durante e pós-crescimento craniofacial. Nesse contexto, objetiva se investigar a melhor época de atuação, tipos de aparelhos, eficácia e efeitos dos diferentes protocolos ortopédicos e ortodônticos, assim como os fatores responsáveis pelo sucesso ou não dessas abordagens terapêuticas.

Prof.ª Dra. Ana Cláudia de Castro Ferreira Conti - Currículo Lattes

Descrição: A fase ortodôntica pré e pós-cirúrgica tem a finalidade de permitir uma correção cirúrgica compatível com o erro facial, possibilitando melhores resultados estéticos e funcionais. Em função da deficiência diagnóstica retratada pela literatura, e total escassez de estudos que avaliam o que de fato acontece às tábuas ósseas vestibulares e linguais durante a movimentação dentária realizada aos pacientes ortodônticos-cirúrgicos, o presente projeto objetiva determinar se os procedimentos clínicos adotados de modo rotineiro para descompensação, nos diferentes tipos faciais, devem ser mantidos.

Prof. Dr. Leopoldino Capelozza FilhoCurrículo Lattes




Grupos de Pesquisa

Este grupo de pesquisa possui por objetivo realizar trabalhos que procurem elucidar mecanismos pelos quais o relógio biológico molecular endógeno regula os aspectos metabólicos e reprodutivos dos organismos, por meio de experimentos in vitro e in vivo.

Líder: Prof.ª Dra. Rita Luiza Peruquetti

Esse grupo visa conhecer melhor o impacto no perfil dos pacientes tratados ortodonticamente dentre as diversas técnicas indicadas para os diferentes tipos de má oclusão. O julgamento do impacto no perfil dos pacientes será estudado com a avaliação dos próprios pacientes e de leigos, visando dessa forma entender as exigências dos pacientes para individualizar os planos de tratamento visando atender suas expectativas.

Líder: Prof.ª Dr.ª Ana Cláudia de Castro Ferreira Conti

É preciso entender o conceito de normalidade nos indivíduos, com os passar dos anos, para exercer com excelência o tratamento ortodôntico, em qualquer idade. Como o ser humano, sempre que possível busca estender sua jovialidade, planos de tratamento adequados devem ser determinados baseando-se na mensuração das alterações ocorridas no sorriso, como comprimento e espessura dos lábios, tipo de sorriso e o arco do sorriso, para determinar parâmetros de normalidade na população. Estudos longitudinais que avaliam as alterações que acontecem no sorriso, ao longo do tempo devem ser realizados.

Líder: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

Estudo que permitirá o melhor entendimento dos fatores relacionados ao crescimento e desenvolvimento para craniofacial implementando o diagnóstico e terapêutica ortodôntica.

Líder: Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

A investigação das alterações crânio-dento-faciais tem por finalidade contribuir para o conhecimento dos fatores etiológicos, princípios de diagnóstico, além de intervenções terapêuticas (preventivas e tardias). Neste contexto, também será considerada a relação destas condições na qualidade de vida das pessoas, buscando sempre estimular ações relacionadas a promoção de saúde na população.

Líder: Prof. Dr. Fabiano Jeremias

O principal interesse de pesquisa do grupo é identificar, analisar e controlar fatores de risco associados ao desenvolvimento de doenças crônicas. Além disso, as pesquisas tem priorizado a ampliação do conhecimento com relevância clínica, em especial àqueles relacionados à saúde comunitária.

Líder: Prof.ª Dra. Letícia Carnaz

Estudar e avaliar os programas e ações de saúde sob o ponto de vista da melhoria da qualidade de vida dos seus usuários e profissionais do sistema de saúde, avaliando desde o grau de satisfação com os programas propostos até o comportamento de índices indicativos de saúde.

Líder: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

A investigação das manifestações bucais na criança tem como objetivo a orientação de condutas diagnósticas, terapêuticas e preventivas nesta população. Além disso, poderá subsidiar o estabelecimento de políticas públicas com o intuito de minimizar ocorrência dos agravos com melhoria da qualidade de vida.

Líder: Prof.ª Dra. Solange de Oliveira Braga Franzolin e Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

Identificar o perfil epidemiológico da população brasileira para desenvolver políticas públicas de saúde com resolutividade. Os resultados dos trabalhos desenvolvidos, baseados nessas linhas de pesquisa, serão voltados para o desenvolvimento de ações de promoção de saúde, assim com educação para a população.

Líder: Prof.ª Dra. Marcela Pagani Calabria

Atendimento e acompanhamento de portadores de feridas em membros inferiores, mediante protocolo sistematizado, sendo o paciente avaliado por uma equipe multi e interdisciplinar, buscando planejar os cuidados adequados, propondo tratamento e reabilitação da integridade cutânea para melhoria da qualidade de vida do portador de úlceras de perna. Através de metodologias assistenciais, protocolos e novos produtos, visa atender pacientes com feridas arteriais, venosas, neuropáticas e traumáticas, estabelecendo condutas para a cicatrização das feridas, orientação e estímulo para mudanças de hábitos que comprometam o estado de saúde desses pacientes. Atualmente, o ambulatório é uma atividade de extensão universitária, formado por professores da Enfermagem, Farmácia, junto com mestrandos, doutorandos e alunos de iniciação científica, também com o propósito de produzir pesquisas e avaliação de tecnologia em saúde para estudos com tratamentos e produtos para feridas visando à implementação de inovações na prática.

Líder: Prof.ª Dra. Márcia Aparecida Nuevo Gatti e Prof.ª Dra. Sandra Fiorelli Penteado de Almeida Simeão

Embora a função seja essencial para a saúde da boca, ter um sorriso esteticamente harmonioso é condição primordial para elevar a autoestima das pessoas, sobretudo na sociedade moderna. Além de um novo sorriso os pacientes na maioria das vezes conseguem melhorar a capacidade mastigatória o que também parece contribuir muito para aumentar sua auto-estima. A estética é fundamental na vida das pessoas tanto no aspecto de inclusão como no de exclusão. A aparência facial exerce um importante papel no julgamento da atratividade pessoal e também no desenvolvimento da auto-estima. Assim, torna-se necessário avaliar a influencia dos tratamentos ortodonticos na qualidade de vida e auto-estima dos pacientes, uma vez que a percepção da aparência, principalmente da face, afeta a saúde e o comportamento social.

Líder: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

O Grupo de pesquisa intitulado "Utilização de mini-implantes na mecânica ortodôntica" tem por finalidade contribuir para o conhecimento dos fatores associados ao tratamento ortodôntico com utilização de ancoragem esquelética. Atualmente desenvolve trabalhos junto à graduação e pós-graduação em Odontologia por meio de projetos de iniciação científica e dissertações de mestrado.

Líder: Prof.ª Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin




Fomentos

AUXÍLIOS À PESQUISA OBTIDOS: FAPESP

12/07758-3 10th international Congress on cell Biology/16th Meeting of the Brazilian society for cell biology;
Responsável: Prof.ª Dra Rita Luiza Peruquetti.

12/22009-7 Descrição da distribuição da proteína nucleolar fibrilarina no epitélio seminífero de mamíferos e caracterização do seu papel na manutenção da fisiologia de chromatoid bodies.
Responsável: Prof.ª Dra Rita Luiza Peruquetti.

12/21393-8- Avaliação das inclinações dentárias de casos tratados com bráquetes autoligados por meio da tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC).
Responsável: Prof. Dr. Mauricio de Almeida Cardoso

13/14102-0 Descrição da expressão da proteína nucleolar fibrilarina em túbulos seminíferos de mamíferos em diferentes estágios de desenvolvimento e suas interações físicas com componentes moleculares de chromatoid bodies.
Responsável: Prof.ª Dra Rita Luiza Peruquetti.

14/03654-4 Efeito do Vaccinium macrocarpon (Cranberry) sobre a erosão dentinária in vitro.
Responsável: Prof.ª Dra Melissa Thiemi Kato

14/07243-9 Influência da administração de infusão de chá verde em diferentes fases do dia na expressão do receptor LXR em ovários de fêmeas obesas induzidas por dieta
Rita Luiza Peruquetti - Bolsas no Brasil - Iniciação Científica

14/15975-0 0b Descrição da distribuição da proteína nucleolar fibrilarina no epitélio seminífero de mamíferos e caracterização do seu papel na manutenção da fisiologia de chromatoid bodies
Responsável: Prof.ª Dra Rita Luiza Peruquetti.

2016/18834-3- Avaliação dos dentrifícios com açaí-berry e/ou flúor na prevenção da erosão associada à abrasão de dentina
Melissa Thiemi Kato - Bolsa no Brasil – Iniciação Científica

2016/04580-0- Desvendando o papel de proteínas transitórias na composição molecular de chromatoid bodies de mamíferos: Fibralarina (proteína nucleolar) e CLOCK/BMAL1 (controle ciclo circadiano)
Rita Luiza Peruquetti - Auxílio a Pesquisa

2016/06399-0 - Efeito do açaí berry sobre a atividade das MMP-2 e MMP-9
Responsável: Prof.ª Dra Melissa Thiemi Kato

2016/12779-0 - Associação entre qualidade de vida relacionada à saúde e comportamentos sedentários de crianças e adolescentes
Responsável: Prof.ª Dra Sandra Fiorelli de Almeida Penteado Simeão

AUXÍLIOS À PESQUISA OBTIDOS: MCTI/CNPQ/UNIVERSAL

457007/2014-1 - Potencial terapêutico do açaí berry sobre a degradação da matriz orgânica desmineralizada
Responsável: Prof.ª Dra Melissa Thiemi Kato

405039/2016-6 - Parâmetros salivares em pacientes com alterações locais e sistêmicas
Responsável: Prof.ª Dra. Andréia Aparecida da Silva

Auxílios à Pesquisa obtidos da Fundação Paulista Contra Hanseníase

2014/00332-6- Comparativo entre swab nasal e raspado da mucosa oral em hansênicos e de seus contatos intradomiciliares: utilização da reação em cadeia da polimerase em tempo real (qpcr)
Fundação Paulista Contra Hanseníase- Processo: - Auxílio a Pesquisa:
Responsável: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

FOMENTOS OBTIDOS JUNTO A EMPRESAS

-Empresa Orthometric
Dra. Renata Rodrigues de Almeida Pedrin

- Id-logical (www.id-logical.com) – fornecimento de material ortodôntico para o desenvolvimento de pesquisas do mestrado em Odontologia
Prof. Dr. Leopoldino Capelozza Filho

Empresa Curaden Swiss Importação-Exportação por meio da doação de Kits de Higiene Bucal, para pesquisa.
Projeto: A educação e a prevenção da saúde bucal traduzidas em libras
Responsável: Prof.ª Dra. Sara Nader Marta

Recursos Obitdos do Pró-Saúde

  • Processo FAPESP       2013/140022-6 : Balança analítica AUY 220 – Shimadzu
  • MCTI/CNPQ/Universal 14/2014 - Faixa A Processo: 457007/2014: Um Sistema de eletroforese vertical Mini-PROTEAN® Tetra Vertical Electrophoresis Cell – Bio-rad e uma       Fonte de eletroforese Powerpac HC       - Bio-rad
  • Processo FAPESP       2016/12717-5

Aparelho de osmose reversa 10 L/H - Quimis

Nobreak SMS power Sinus NG 3200VA bivolt

Nobreak SMS Station II 1200VA bivolt

Nobreak SMS Station II UST800BI 800VA bivolt

Termociclador GeneAmp PCR System 9700 – Applied Biosystems

Geladeira Pratice 240 litros – Consul

Estufa p/ cultura bacteriológica ECB 1.2 digital – Odontobrás

Microondas ME 275 – Electrolux

Centrífuga mini spin – Eppendorf

Freezer vertical mod. FE18 145 litros – Electrolux

Agitador de tubos vortex mod. AP56 – Phoenix




Responsabilidade Social

Dentre as ações de Responsabilidade Social destacam-se:

Descrição: O Ambulatório para Tratamento de Úlceras da Universidade do Sagrado Coração (USC), surgiu pela necessidade do atendimento de portadores de úlceras venosas, neuropáticas, arteriais ou traumáticas que procuravam, por demanda espontânea ou encaminhamento, atendimento na USC. Atualmente, o ambulatório configura um Projeto de Extensão Universitária e está alocado nas dependências da Clínica de Terapia Ocupacional. O tratamento de feridas deve ocorrer por meio de uma equipe interdisciplinar, onde os profissionais participam ativamente do cuidado, propiciando ao paciente o acolhimento e a realização dos curativos desde sua fase inicial até a alta. Objetivos: Realizar tratamento e reabilitação em pacientes com úlceras de membros inferiores, com utilização de um protocolo sistematizado para estes pacientes, discutir os casos com os usuários ou seu cuidador, fazendo o paciente parte integrante do atendimento e corresponsável pelo sucesso da cicatrização da lesão. São desenvolvidas pesquisas de Iniciação científica, TCC e dissertações, como também, a participação em eventos científicos, além de ser um dos ambientes de aprendizagem para estágios não curricular e não obrigatório dos cursos da saúde, permitindo aos estudantes de graduação e pós-graduação vivenciarem atividades executadas pelos docentes a pacientes portadores de feridas.

Descrição: Caracteriza-se como um projeto de extensão e de prestação de serviço interinstitucional (Universidade do Sagrado Coração e Hospital Estadual de Bauru) desenvolvido desde 1997, oferecendo assistência odontológica ambulatorial e hospitalar às pessoas com deficiências provenientes da rede básica de saúde, de Instituições que dão assistência a pessoas com deficiências ou por demanda livre. Dentre os agravos presentes destacam-se: paralisia cerebral, síndromes (Down, mais frequente), déficit mental não especificado. Os tratamentos são realizados por professores, alunos de graduação e pós-graduação, procurando o envolvimento da equipe odontológica com os demais profissionais da área da saúde que acompanham o paciente. Os pacientes que apresentam uma capacidade de interação razoável recebem o tratamento odontológico ambulatorial realizado nas clínicas odontológicas da USC sempre com o acompanhamento da família e/ou responsável. O tratamento hospitalar que necessita de anestesia geral é realizado no Hospital Estadual Bauru. Os resultados já alcançados no PAIPE mostram a melhora na qualidade de vida destes pacientes e familiares, a capacitação dos alunos que recebem formação técnica e humana, conscientizando-os desta realidade social para que sejam profissionais envolvidos com os programas de cidadania, realização de trabalho de Iniciação Científica, TCC, dissertações/Teses, possibilitando a integração da gradução, pós-graduação e sociedade.

Descrição: Projeto de extensão enfoque comunitário é desenvolvido desde 2008, possui parceria da Universidade do Sagrado Coração e a Paróquia Santa Rita, onde a Universidade destina docentes e alunos para a aplicação de atividades de educação em saúde às gestantes carentes do município de Bauru e a Paróquia, sede um espaço adequado para as atividades, faz o acolhimento das gestantes e doa enxovais completos àquelas que completam os encontros. O Projeto é composto de atividades de extensão inseridas na área da saúde, com objetivo de promoção à saúde, prevenção de disfunções que podem ocorrer na gestação, parto e puerpério. As atividades propostas são realizadas por estudantes do curso de graduação em Fisioterapia, Nutrição, Biomedicina e Tecnológico em Estética e Cosmética, além dos alunos de pós-graduação (stricto sensu), permitindo a interdisciplinaridade, onde são promovidas as seguintes ações: Palestra sobre temas relacionados à Gestação, parto e puerpério (Paróquia Santa Rita), Avaliação das gestantes, Orientação nutricional à gestante, Incentivo a produção científica. Este projeto tem como objetivos promover a saúde da mulher no ciclo gravídico puerperal; promover um programa de educação em saúde às mulheres na maternidade compreendida na gestação; proporcionar ações terapêuticas assistenciais; incentivar ações de prevenção das disfunções musculo-esquelético com atenção à gestante no período gravídico puerperal; promover a articulação do ensino, pesquisa e extensão aos estudantes participantes do projeto.

AÇÕES DE EXTENSÃO

Descrição: A ação de extensão planejada para atender às necessidades de informação em saúde dos idosos participantes de grupos de exercício físico realizados pelos graduandos em Fisioterapia da USC em uma Unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município. Esta ação envolveu graduandos de fisioterapia e mestrandos de Odontologia e Fisioterapia. Foram abordados temas eleitos pelos idosos participantes do grupo tais como: “Saúde Bucal”, “Alimentação Saudável” e “Sintomas Depressivos”. A palestra de “Saúde Bucal” abordou temas importantes na população idosa como: Higiene das próteses dentárias; Prevenção de engasgos; Prevenção de câncer bucal. Após a palestra, todos os idosos receberam produtos de higiene pessoal e orientações sobre “Alimentação Saudável” que abordou os 10 passos para alimentação preconizados pelo Ministério da Saúde. Finalmente, os participantes desenvolveram uma dinâmica sobre os “Sintomas Depressivos” e para tal receberam um kit com pasta, papel A4 e caixa de giz de cera. Nessa dinâmica, eles desenharam seus “monstros interiores”. Após a representação gráfica dos “monstros interiores”, os mestrandos pediram que os idosos discutissem sobre seus medos e angústias e o resultado da discussão foi muito interessante, visto que a maior parte dos idosos relatou medo da solidão e da violência. Os relatos dos pacientes foram compartilhados com a equipe de saúde, pois podem ajudar no planejamento de novas ações que incluam a questão da solidão e violência no bairro.

Esta ação de extensão foi apresentada na XI Jornada Odontológica da USC (JOUSC) com o trabalho intitulado “Ação Interdisciplinar na Promoção da Saúde do Idoso: Relato de Experiência”.

Descrição: Foi realizada a ação de extensão “Capacitação de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) para Identificação de Incontinência Urinária” em uma Unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município de Bauru. Esta atividade foi coordenada por um professor de pós-graduação da Fisioterapia e Odontologia com a participação dos estudantes do curso de graduação em Fisioterapia, discentes do Mestrado Acadêmico em Fisioterapia e Mestrado Profissional em Odontologia-Saúde Coletiva da Universidade do Sagrado Coração (USC). A realização desta ação foi vinculada ao Estágio em Fisioterapia na Atenção Básica à Saúde que ocorre em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Bauru. Esta atividade foi planejada para atender a uma necessidade reportada pela equipe de saúde da ESF que identificou em conjunto com os agentes comunitários de saúde, a necessidade de uma capacitação da equipe de saúde para identificação de incontinência urinária na população adstrita à ESF. Para a realização da capacitação, os estudantes envolvidos preparam uma palestra informativa que abordou os seguintes assuntos: Definição de incontinência urinária; População de risco; Fatores de risco; Tipos de incontinência urinária; Sinais e sintomas; Tratamento; Prevenção. Além da palestra informativa, a equipe de saúde realizou um treinamento sobre os principais exercícios a serem realizados no intuito de tratar e prevenir a incontinência urinária. Esta atividade resultou no desenvolvimento de um folder, pela equipe que ministrou a capacitação, com as principais informações abordadas na palestra e com os exercícios para prevenção e tratamento da incontinência urinária, que foi confeccionado pela equipe.

A Cartilha com o título: “Valorização da Saúde Bucal do Deficiente Visual que faz uso de prótese total” foi desenvolvida com envolvimento de docentes dos programas de Odontologia e Biologia Oral, discentes de pós-graduação dos 2 programas também, discente de graduação de 1 docente da graduação. Esta atividade recebeu o apoio financeiro da empresa Curaden que doou 80 kits de escovação para implementar as ações de prevenção (orientação e prática de higiene bucal) em um Instituição para Deficientes visuais do município de Bauru. Além disto, esta atividade resultou em uma orientação de Iniciação Científica (em andamento) desenvolvendo habilidades técnicas nos estudantes e, sobretudo a conscientização das questões relativas à inclusão social de grupos vulneráveis.




Produção Técnica

1-SORRISO TEEN: DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVO MOBILE COMO ESTRATÉGIA DE ORIENTAÇÃO EM SAÚDE BUCAL PARA JOVENS E ADOLESCENTES para smartphones ou tablets e página no facebook:

Sorriso Teen - Página do facebook
Aplicativo Sorriso Teen

2-HPV GAME - Desenvolvimento de game educativo sobre HPV – Clique aqui.

3-CARTILHA: VALORIZAÇÃO DA SAÚDE BUCAL DO DEFICIENTE VISUAL QUE FAZ USO DE PRÓTESE TOTAL – desenvolvimento de cartilha de orientação impressa em Braile. (Disponível para consulta na Biblioteca Cor Jesu)

4-Desenvolvimento de folder de Orientação sobre Incontinência Urinária – Clique aqui.

5- Cartilha – Alimentação Saudável – Clique aqui.

6- Arte do leque – Sorrindo tudo fica melhor – Arte frontal – Arte do verso

7- Folder de Orientação sobre erosão dentária – Clique aqui.




Destaques

Em breve!




Processo seletivo

31/07 - Prazo final das inscrições para o processo seletivo do Stricto Sensu Programa Odontologia e Biologia Oral

02/08 - Homologação das inscrições para o processo seletivo do Stricto Sensu Programa Odontologia e Biologia Oral

03/08 - Proficiência em Inglês e entrevista do processo seletivo do Stricto Sensu Programa Odontologia e Biologia Oral; Prova específica para as áreas de Implantologia e CTBMF

08/08 - Divulgação dos resultados do processo seletivo dos Programa em Odontologia e Biologia Oral

9 a 10/08 - Matrícula dos candidatos aprovados no processo seletivo do Stricto Sensu Programas Odontologia e Biologia Oral - 1a. chamada

11/08 - Matrícula dos candidatos aprovados no processo seletivo do Stricto Sensu Programas Odontologia e Biologia Oral - 2a. chamada

14/08 - Início das aulas do Stricto Sensu (Programas Odontologia e Biologia Oral)

Ortodontia

  • Ênio Ribeiro Cotrim
  • Gregório Bomfim Dourado

Saúde Coletiva

  • Claudineia Pedroso Fernandes
  • Daniela Garcia Bandeca Schwingel
  • Edriane Gusken
  • Jefferson Barela
  • Josmar Sabage
  • Karla Renata Albieri
  • Kele Cristina Pasqualini
  • Leliane Aparecida Ribeiro
  • Monica de Oliveira
  • Patricia de Guadalupe Barnes Aucelio
  • Paula Gomes da Silva                                                                                                                                                          
  • Priscila Batista Beijo
  • Rita de Cassia Ortega Sabage 
  • Vivian Brino


Data da última atualização: 05/09/2017.*informações sujeitas a alterações

Receba nossas notícias
USC - Sagrado Coração

(14) 2107-7000
(14) 99825-8771

© 2017 | USC - Universidade do Sagrado Coração. Todos os direitos reservados.

Site Seguro