Engenharia Elétrica

Titulação: Bacharel

Duração: 5 anos

Lançamento: 2015

Período: Noturno

Reconhecimento: Autorização - Parecer CONSEPE - Nº 08/2014 de 10/06/2014

Sobre o Curso

O engenheiro eletricista possui seu principal foco em sistemas de energia, contando também com formação nas áreas de eletrônica e automação. Os profissionais formados nesta área podem atuar em sistemas industriais complexos e em concessionárias de serviços públicos.

Na USC, o curso de Engenharia Elétrica propiciará  ao estudante  uma  formação nos conteúdos básicos e profissionalizantes que caracterizam a formação do engenheiro eletricista. Também é sua atribuição elaborar projetos de sistemas de medição e de instrumentação eletroeletrônica, de acionamentos de máquinas, de iluminação, de proteção contra descargas atmosféricas e de aterramento.

O mercado de trabalho é amplo e promissor, pois inclui todas as empresas que fazem uso da energia nos seus processos de trabalho. Com a privatização de empresas geradoras e fornecedoras de energia elétrica e o das de telecomunicações, tende a aumentar as chances de colocação, tendo em vista a necessidade de renovação dos quadros profissionais que atuam nesses setores.

Grade Curricular

Disciplina Carga Horária
Cálculo: Limite e Derivada 72 Horas
Desenho Técnico 36 Horas
Física Cinemática e Dinâmica: Teórica e Prática 72 Horas
Métodos e Técnicas da Pesquisa 72 Horas
Química Fundamental Prática 36 Horas
Química Fundamental Teórica 72 Horas
Disciplina Carga Horária
Cálculo: Integração com uma Variável 72 Horas
Comunicação e Expressão 72 Horas
Economia e Organização Industrial 36 Horas
Física Hidrostática e Termologia: Teórica e Prática 72 Horas
Higiene e Segurança Industrial 36 Horas
Introdução à Computação para Engenharia 36 Horas
Princípios de Telecomunicações 36 Horas
Disciplina Carga Horária
Cálculo: Funções com Várias Variáveis 72 Horas
Ética e Cultura Religiosa 72 Horas
Física Eletrodinâmica e Eletromagnetismo: Teórica e Prática 72 Horas
Geometria Analítica e Álgebra Linear 72 Horas
Mecânica dos Sólidos 36 Horas
Recursos Energéticos 36 Horas
Disciplina Carga Horária
Cálculo: Equações Diferenciais 72 Horas
Ciência dos Materiais 72 Horas
Eletiva I 72 Horas
Eletrônica 72 Horas
Programação de Computadores 72 Horas
Disciplina Carga Horária
Acionamentos Elétricos para Automação 36 Horas
Aterramento de Sistemas Elétricos 36 Horas
Cálculo Numérico 72 Horas
Eletiva II 72 Horas
Fenômenos de Transporte 72 Horas
Processos Eletromagnéticos 72 Horas
Disciplina Carga Horária
Eletricidade Aplicada à Circuitos 72 Horas
Eletromagnetismo 72 Horas
Estatística 72 Horas
Mecânica dos Fluídos 72 Horas
Sociologia da Responsabilidade Social 72 Horas
Disciplina Carga Horária
Circuitos Elétricos Aplicados 72 Horas
Eletiva III 72 Horas
Geração de Energia Elétrica 72 Horas
Instalações Elétricas 72 Horas
Disciplina Carga Horária
Estágio I 120 Horas
Introdução aos Sistemas Elétricos de Potência 72 Horas
Pesquisa da Prática em Engenharia Elétrica I 36 Horas
Projetos e Instalações Elétricas Prediais 72 Horas
Transmissão e Distribuição de Energia 72 Horas
Disciplina Carga Horária
Estágio II 120 Horas
Métodos e Equipamentos Aplicados à Máquinas Elétricas 72 Horas
Pesquisa da Prática em Engenharia Elétrica II 36 Horas
Sistemas Elétricos de Potência 72 Horas
Trabalho de Conclusão de Curso I 36 Horas
Disciplina Carga Horária
Atividades Acadêmicas Científico Culturais 264 Horas
Eletrotécnica Industrial 72 Horas
Laboratório de Máquinas Elétricas 72 Horas
Trabalho de Conclusão de Curso II 36 Horas

Recursos Disponíveis

  • Laboratório de Automação
  • Laboratório de Ciência dos Materiais
  • Laboratório de Eletrotécnica
  • Laboratório de Física
  • Laboratório de Projetos
  • Laboratório de Química
  • Laboratório Multidisciplinar de Computação
  • Anfiteatros
  • Auditórios
  • Biblioteca
  • Estacionamento
  • Laboratórios Móveis de Informática
  • Laboratórios de Informática
  • Lanchonetes
  • Núcleo de Pesquisa e História da Universidade do Sagrado Coração – NUPHIS
  • Quadra poliesportiva
  • Rede Wireless
  • Restaurante
  • Salas de aula climatizadas e equipadas com multimídia e computador
  • SIAGE
  • Teatro Veritas


Atividades do Curso

  • Participação em núcleos
  • Grupos de pesquisa
  • Projetos técnico/científicos
  • Exposição ou publicação de trabalhos em eventos técnico/científicos
  • Cursos na área técnica, de gestão ou de empreendedorismo
  • Projetos de Extensão com a comunidade
  • Participação em eventos técnico-científicos
  • Visitas técnicas

Você Sabia?

A busca por fontes de energia renováveis está cada vez maior, por isso as melhores oportunidades de trabalho estão nos polos industriais das regiões Sul e Sudeste.

Engenheiro responsável pela transmissão e distribuição de energia nos diferentes setores. É o profissional responsável pela geração, pela transmissão e pela distribuição de energia nos setores de hidrelétrica, subestações e termoelétrica, atuando no desenvolvimento de equipamentos e supervisão.

O engenheiro eletricista atua na geração, transmissão, distribuição e utilização de energia, por meio da elaboração de projetos, plantas e técnicas de execução. Além de providenciar os recursos, orienta a construção, instalação, funcionamento e manutenção de usinas, aparelhos e equipamentos elétricos. Nessa área, ele pode atuar ainda na elaboração de projetos de instalações elétricas prediais e industriais, projetos de linhas de transmissão e redes de distribuição de energia elétrica e na manutenção elétrica em geral.


Informações Adicionais

Geral

Formar engenheiros eletricistas capacitados a atender as diferentes solicitações profissionais, com uma visão crítica, criativa e inovadora, por meio de uma sólida formação básica, geral e humanística, associada à sua formação profissional específica, aptos a colaborar para o desenvolvimento da sociedade nos âmbitos tecnológico, intelectual, social e ambiental.

Específico 

  • Produzir, sistematizar e transmitir conhecimentos, atendendo à diversificação e às peculiaridades dos diversos campos existentes na área da engenharia elétrica
  • Projetar, construir e fazer manutenção de transmissores e receptores de rádio e televisão, centrais telefônicas, equipamentos de microondas etc
  • Elaborar e aprimorar sistemas de controle e automação de máquinas operatrizes, usinas hidrelétricas e linhas de transmissão em geral
  • Projetar, construir, fazer a montagem, operação e manutenção das instalações industriais, sistemas de medição e controles elétricos;
  • Atuar em todas as etapas do processo de geração, transmissão, distribuição e uso de energia elétrica e fontes alternativas de energia

O desempenho escolar é avaliado por meio do acompanhamento contínuo do estudante e dos resultados por ele obtidos nas provas parciais de avaliação de conhecimento, nos exercícios e atividades escolares ou outras formas de avaliação definidas pela universidade.

O aproveitamento em cada disciplina é obtido por meio de avaliações parciais ao longo do período letivo e avaliação final, expressando-se o resultado de cada avaliação em notas de 0 (zero) a 10,0 (dez). Para cada uma das avaliações parciais, são atribuídos pesos informados nos planos de ensino de cada disciplina.

Será considerado aprovado, independentemente de avaliações finais, o estudante que obtiver frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) das atividades da disciplina e média ponderada das avaliações parciais igual ou superior a 7,0 (sete).

Deverá realizar a avaliação final o estudante que tiver obtido o mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de frequência às atividades da disciplina e média das avaliações maior ou igual a 5,0 (cinco) e menor do que 7,0 (sete).

Nas disciplinas de caráter prático ou em estágios curriculares obrigatórios não haverá avaliação final, exceto se previsto no projeto pedagógico do curso, sendo aprovado o estudante que obtiver média das avaliações parciais, maior ou igual a 7,0 (sete).

Será aprovado o estudante que, submetendo-se à avaliação final, obtenha a média aritmética entre as avaliações parciais e a nota obtida na avaliação final, igual ou superior a 5,0 (cinco).

Será considerado reprovado o estudante que:
I. não obtiver frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento);
II. não obtiver média das avaliações parciais igual ou superior a 5,0 (cinco);
III. após a realização da avaliação final, não lograr média igual ou superior a 5,0 (cinco);
IV. nas disciplinas de caráter prático ou em estágios curriculares obrigatórios, não obtiver média das avaliações igual ou superior a 7,0 (sete).

  • Ter concluído o Ensino Médio

Prof. M.e Alexander da Silva Maranho Currículo Lattes

engenharia.eletrica@usc.br

(14) 2107-7255

Data da última atualização: 21/08/2017.*informações sujeitas a alterações

Receba nossas notícias
USC - Sagrado Coração

(14) 2107-7000
(14) 99825-8771

© 2017 | USC - Universidade do Sagrado Coração. Todos os direitos reservados.

Site Seguro